Foto de Moçambique por Nic Berti

Guia de condução de Moçambique

Moçambique é um belo país único. Explore tudo isso dirigindo quando você receber sua Permissão Internacional para Dirigir

2021-08-02 · 9 minutos

Com suas costas deslumbrantes e vida selvagem deslumbrante, Moçambique é um dos melhores lugares para explorar no sudeste da África. No entanto, a visitação de turistas é relativamente menor, e muitos de seus lugares principais não são tão conhecidos quanto outras atrações no resto do continente. No entanto, isso não deve impedir os visitantes de visitá-lo, pois o lugar é profundamente rico em cultura e história.

Portanto, para os viajantes curiosos que querem descobrir uma das joias escondidas da África e experimentar a mistura única da cultura africana e portuguesa, não hesite em visitar as vastas e relativamente desconhecidas terras de Moçambique.

Como este guia pode ajudá-lo?

Viajar em Moçambique não será fácil para todos, por isso, se pretende ter uma viagem tranquila pelo país, precisa de saber tudo sobre as regras que deve observar, principalmente na hora de conduzir. Dirigir no exterior é certamente um desafio, especialmente se for sua primeira vez. Portanto, certifique-se de ler atentamente este conselho ou guia de condução em Moçambique para ler sobre todos os itens obrigatórios que você precisa e todas as regras a seguir para uma viagem sem problemas em Moçambique.

Informações gerais

Medindo cerca de 800.000 km2, com uma população de 31 milhões, Moçambique é um país do sudeste africano conhecido pelas suas áreas costeiras. Com seus habitantes amigáveis e uma mistura única de cultura, turistas de todo o mundo estão fadados a visitar este lindo país. Antes de fazer uma visita, certifique-se de relembrar seus fatos e primeiro saber um pouco sobre Moçambique.

Localização geográfica

Anteriormente conhecido como África Oriental portuguesa, Moçambique é um país do sudeste africano que faz fronteira com Eswatini, Malawi, África do Sul, Tanzânia, Zâmbia e Zimbabué. Tem uma longa linha costeira à frente do Canal de Moçambique, um canal do Oceano Índico Ocidental, que separa Moçambique na África continental a oeste de Madagáscar a leste.

Esta característica permitiu a Moçambique ter alguns dos melhores portos naturais de África, bem como lindas praias de areia branca que se tornaram atracções turísticas e atraem muitos visitantes ao país todos os anos.

Línguas faladas

A língua oficial falada em Moçambique é o português. No entanto, cerca de 50% da população fala apenas a língua, principalmente aqueles que vivem em áreas urbanas e têm alto nível de escolaridade.

Além disso, existem aproximadamente 40 outras línguas faladas no país, a maioria das quais são línguas bantu. Exemplos destes incluem Changana, Chwabo, Makhuwa, Ndau, Nyanja, Sena e Tswa. Muitos dialetos nativos também têm empréstimos de origem portuguesa.

Por último, os que fazem parte da comunidade surda utilizam a Língua Gestual Moçambicana, que não se encontra na Língua Portuguesa nem na Língua Gestual Americana. Além disso, sua origem ainda não foi identificada.

Área de pouso

A área total de Moçambique é de cerca de 799.380 km2, sendo quase do mesmo tamanho que a Turquia. Além disso, Moçambique é rico em diversos minerais como carvão, alumínio, titânio e outros depósitos diversos, permitindo ao país desempenhar um papel importante na indústria mineral a nível mundial.

História

Os primeiros assentamentos em Moçambique datam de centenas de anos atrás, quando os Bantu migraram para a área. O povo era geralmente agrupado em pequenas chefias de acordo com as linhagens e, em 1505, Moçambique foi colonizado por Portugal. Cinco anos depois, todos os ex-sultanatos árabes encontrados na costa da África Oriental também foram colonizados pelos portugueses e passaram por um domínio altamente opressor.

No início da década de 1960, a resistência aos portugueses começou a surgir e um cessar-fogo foi assinado em setembro de 1974, pondo fim ao regime português de 470 anos. Em 25 de junho de 1975, Moçambique tornou-se finalmente independente com Samora Moises Machel, o chefe da Frente Nacional de Libertação de Moçambique (FRELIMO) como o primeiro presidente.

Governo

Moçambique tem uma população de cerca de 31,3 milhões e uma república democrática com um parlamento unicameral. A sua constituição entrou em vigor entre 25 e 25 de junho de 1975. Durante os primeiros anos, o Presidente, que também era o chefe de Estado, era o presidente da FRELIMO, por ser então o único partido legal. Em 1986, a constituição foi mais uma vez revisada e o cargo de primeiro-ministro foi criado.

Em 30 de novembro de 1990, o governo formou um sistema multipartidário e o nome do país, República Popular, foi alterado para República de Moçambique. De acordo com a constituição revisada, foi declarado que o presidente eleito terá um mandato de cinco anos e só pode ser reeleito consecutivamente duas vezes. O seu órgão legislativo máximo, a Assembleia do Povo, também foi rebatizado de Assembleia da República, que conta com 250 deputados que exercem funções durante cinco anos.

Turismo

Em comparação com outros países do sudeste da África, exceto Malawi, Moçambique tem relativamente menos turistas a cada ano. Mesmo assim, o número vem crescendo gradativamente e, em 2019, foram cerca de dois milhões de desembarques registrados no país.

Os viajantes que migram para Moçambique não apenas experimentam a cultura e as tradições do país, mas também ficam maravilhados com as praias, reservas e parques nacionais do país. Portanto, se você estiver visitando Moçambique, certifique-se de mergulhar em todos os aspectos do país.

IDP FAQs

Como a melhor maneira de viajar em Moçambique é de carro, primeiro você precisa trazer alguns itens essenciais antes de poder dirigir no país. Uma das coisas que você precisa levar para dirigir na rede rodoviária de Moçambique é uma Carteira de Motorista Internacional ou simplesmente um IDP, um documento complementar à sua carteira de habilitação. Então, para evitar conflitos ou mal-entendidos, aqui está o que você precisa saber sobre a Carteira de Motorista Internacional em Moçambique.

Como você consegue um PDI para Moçambique?

A maioria dos viajantes normalmente obtém suas carteiras de motorista internacionais (também chamadas de carteiras de motorista internacionais) de organizações que emitem deslocados internos em seu país de origem. No entanto, você pode obter o seu também conosco, da International Driver's Association (IDA). A AID emite IDPs aceitos em 165 países e traduzidos em 12 idiomas.

Suponha que você perca seu PDI. Como você fez o pedido online da IDA, também pode solicitar a substituição do atendimento ao cliente. Forneça o seu nome e número do IDP, depois pague as despesas de envio para obter o seu novo IDP e retome a condução em Moçambique. Seu código postal ou código postal também deve ser adicionado ao seu endereço se você deseja receber a substituição rapidamente.

Por último, não confunda um IDP com uma carteira de motorista. Os estrangeiros ainda precisam da sua carteira de habilitação para dirigir em Moçambique, e um IDP não é um documento oficial que permite que você dirija. Se você não tiver carteira, será multado e suspenso para dirigir. Portanto, se você estiver dirigindo em Moçambique, os requisitos do seu veículo são essenciais para viajar no país de carro, e você nunca deve perdê-los ou deixá-los para trás.

Posso candidatar-me a um PDI para Moçambique online?

Hoje em dia, muitas pessoas processam vários documentos online porque é mais fácil e conveniente. Ao se inscrever para um PDI nosso, você não só está solicitando um PDI online, mas também economizando tempo e esforço em vez de ir à agência mais próxima que emite PDI em sua área.

Para receber o seu IDP e começar a conduzir em Moçambique, os seus códigos postais também devem ser encontrados no seu endereço. Isso ocorre porque você está se inscrevendo para um IDP online e deseja garantir que o seu IDP seja enviado rapidamente.

Quanto Custa um PDI para Moçambique?

Você planeja pedir uma Permissão de Motorista Internacional? Se você fizer isso, certifique-se de obter o seu conosco. Oferecemos pacotes diferentes com várias validades que os clientes podem escolher. Obviamente, isso tem custos diferentes, portanto, antes de obter seu PDI, verifique as diferentes taxas que podem ser encontradas na página de preços .

Alugando um carro em Moçambique

Antes de desfrutar de uma viagem no exterior, você também precisa se preocupar com o veículo que usará. Em Moçambique, a melhor e mais segura forma de se locomover é de carro. E se você não estiver dirigindo para Moçambique da África do Sul ou se estiver entrando no país de avião, provavelmente precisará de um veículo. Então, para uma viagem tranquila e agradável, aqui está o que você precisa saber sobre aluguel de carros em Moçambique.

Locadoras de veículos

Dirigir por Moçambique é a melhor maneira de conhecer o país. E escolher uma boa locadora de veículos é fundamental para ter a experiência de viagem ideal. Portanto, embora possa ser caro, é melhor considerar empresas bem conhecidas e de boa reputação, que incluem:

  • Europcar
  • keddy da Europcar
  • Sunnycars
  • Hertz
  • sexto
  • Avis
  • Despesas

Essas locadoras de veículos permitem que seus clientes façam reservas online ou logo após o desembarque. Pode até consultar algumas destas empresas no aeroporto, por isso, se estiver disposto a gastar um pouco mais, pode optar por alugar um veículo no aeroporto após a sua chegada a Moçambique.

Você está tendo dificuldade em reservar um carro? Pode procurar os melhores locais para alugar um carro online, mas note que alguns desses locais são destinos tipicamente populares como Maputo, Vilanculos e Pemba.

Documentos necessários

Antes de começar a dirigir em Moçambique, os requisitos que você precisa fornecer à sua locadora incluem passaporte, carteira de motorista, IDP e cartão de crédito ou débito válido. Antes de reservar um carro ou retirar seu veículo alugado, esses requisitos devem ser fornecidos primeiro, porque se você não cumpri-lo, não poderá alugar um carro com sucesso.

Seu PDI será particularmente útil se sua licença não for emitida em inglês ou não tiver nenhum caractere do alfabeto romano. Portanto, se você ainda não tem uma Permissão de Motorista Internacional, pode obter a sua na Associação de Motoristas Internacionais.

Tipos de veículos

Alguns dos carros de aluguel mais populares em Moçambique são carros econômicos e minis. Antes de alugar um carro, considere sempre os modelos e o tipo do veículo que mais se adequa às suas atividades planejadas durante a sua estadia no país.

Certifique-se de que seus passageiros e bagagem cabem e que seu carro seja adequado para as viagens e tipos de atividades que você fará. Se você estiver dirigindo para as áreas mais difíceis do país, 4x4 são recomendados. Outros veículos que você também pode alugar são vans, SUVs e carros compactos.

Custo de aluguel de carro

Normalmente não existe um preço fixo para um carro alugado, pois os custos tendem a flutuar, especialmente durante a alta temporada. Além disso, você provavelmente gastará mais se comprar outros acessórios, como dispositivos GPS e cadeirinhas infantis. No entanto, estes são os custos médios do aluguel do carro:

  • Econômico - $ 43 por dia
  • Compacto - $ 65 por dia
  • Tamanho real - $ 207 por dia
  • SUV grande - $ 206 por dia
  • Mini - $ 51 por dia
  • Van de passageiros - $ 107 por dia
  • SUV Premium - $ 154 por dia
  • SUV compacto - $ 84 por dia
  • SUV padrão - $ 86 por dia
  • SUV intermediário - $ 120 por dia
  • SUV de luxo - $ 155 por dia

Não se esqueça de que você terá despesas adicionais se alugar um carro no aeroporto ou tiver diferentes locais de coleta e entrega (isso é chamado de aluguel ou aluguel de carro só de ida). Além disso, se você não tem experiência de condução suficiente, terá que pagar uma taxa de Young Driver, fazendo com que você desembolse mais dinheiro.

Requisitos de idade

A idade mínima para dirigir em Moçambique é 18 anos. No entanto, as locadoras de veículos exigem que seus clientes tenham pelo menos 23 anos de idade. Observe que isso pode variar entre as agências de aluguel. No entanto, os motoristas devem ter experiência de condução, portanto, se você tiver menos de 25 ou 26 anos de idade, deverá pagar uma taxa ou sobretaxa para Jovem Condutor.

Suponha que você não tenha um veículo em Moçambique e você aluga um carro. Você deve estar preparado para pagar essa taxa, especialmente se não tiver experiência de direção suficiente. Certifique-se de incluir isso em seu orçamento, pois é obrigatório na maioria das locadoras de veículos.

Custo do seguro automóvel

Normalmente, você pode comprar seguro de carro de locadoras de veículos. No entanto, esses custos podem variar entre as empresas e de acordo com o seguro que você está adquirindo. Por exemplo, a Isenção de Danos por Colisão pode variar de $ 20 a $ 30 por dia, dependendo da agência. Portanto, certifique-se de discutir isso com a locadora, para que você tenha uma ideia de quanto estará gastando.

A isenção de danos por colisão pode variar de US$ 20 a US$ 30 por dia, dependendo da agência. Portanto, não deixe de discutir isso com a locadora, para ter uma boa ideia de quanto vai gastar.

Apólice de seguro automóvel

O seguro de aluguel de automóveis é um dos itens essenciais se você estiver dirigindo no exterior, principalmente em países com determinados avisos de viagens. Se você estiver dirigindo em Moçambique, é crucial considerar a compra de um seguro automóvel. Mas você também deve estar ciente do que está comprando, caso seu seguro de viagem já o tenha coberto. Alguns dos seguros que você pode adquirir em locadoras de veículos ou seguradoras separadas são os seguintes:

  • Proteção contra danos de colisão
  • Isenção de roubo
  • Seguro de terceiros
  • Desastre natural
  • Seguro de Acidentes Pessoais
Foto de moradores locais por Farah Nabi

Regras rodoviárias em Moçambique

Cada país tem regras de trânsito que todos os motoristas devem seguir. Se você estiver viajando para Moçambique, é importante observar essas regras de condução para evitar violações e outras complicações. Aqui estão alguns dos regulamentos de trânsito mais importantes e relevantes em Moçambique que todo motorista estrangeiro deve conhecer.

Regulamentos importantes

Você planeja dirigir para o exterior? Particularmente em Moçambique? Se você fizer isso, observe que o país tem um conjunto de regulamentos importantes a seguir. Não só irá mantê-lo seguro, mas permitirá que você evite todas as possibilidades de solavancos e complicações durante a viagem. Por isso, se pretende desfrutar ao máximo da sua road trip por Moçambique, não se esqueça de ler este guia.

Dirigir bêbado

As leis sobre dirigir alcoolizado de Moçambique são bastante rígidas. O teor de álcool no sangue aceito para motoristas é de 0,06%. Além disso, os passageiros também não podem consumir álcool com o veículo em movimento e todas as bebidas alcoólicas devem ser lacradas e armazenadas de maneira adequada (no banco de trás ou no porta-malas, se possível). Embora isso possa parecer mais severo do que outros países, isso é apenas para garantir a segurança das pessoas na estrada. Observe que se alguém for pego infringindo essa regra, será multado.

Esteja preparado e totalmente equipado antes de dirigir

Antes de viajar ou dirigir para Moçambique, existem alguns requisitos que os motoristas devem garantir para uma viagem tranquila. Além de estar em boas condições, o carro deve atender aos seguintes requisitos:

  • Dois triângulos reflexivos
  • Colete reflexivo dois
  • Dois adesivos de triângulo amarelo
  • Um extintor de incêndio colocado no chão na parte de trás; deve estar ao alcance do motorista
  • Adesivo preto e branco indicando o país de registro do veículo (se você estiver centralizando Moçambique de outro país africano)

Os motoristas também devem ter seu passaporte, carteira de motorista, PDI, registro do carro e seguro de terceiros. Além disso, não se esqueça de estar alerta e ter bom senso de estrada, uma vez que dirigir em Moçambique pode ser um desafio para quem está viajando pela primeira vez. Além disso, se você acha que pode se perder, trazer um GPS ou um mapa enquanto dirige em Moçambique pode ser bastante útil. Mas não hesite em abordar os locais se já estiver com dificuldades para navegar nas estradas.

Estacionamento

Antes de deixar o carro, lembre-se sempre de estacioná-lo em uma área designada. Em estradas pavimentadas, os veículos devem ser estacionados somente em áreas demarcadas. Se você vir moradores estacionando seus carros em estradas pavimentadas, este não é um convite para você segui-los, pois você é um estrangeiro, as regras serão mais rígidas para você.

Se você estiver em estradas não pavimentadas em áreas rurais, continue sendo cuidadoso e cauteloso ao estacionar seu veículo. As estradas rurais tendem a ser mais estreitas, portanto, estacionar perto da estrada pode levar a congestionamentos de tráfego. Além disso, existe a possibilidade de o seu carro ser danificado pela passagem de veículos.

Depois de estacionar em uma área apropriada, certifique-se de levar todos os seus documentos e outros pertences importantes como dinheiro, gadgets ou mesmo joias. Isso é para reduzir o risco de ter seus itens roubados, uma vez que o roubo de automóveis não é incomum.

Normas Gerais

Antes de iniciar a sua viagem, saiba que Moçambique tem um conjunto de normas gerais para motoristas. E alguns desses padrões podem ser bastante semelhantes a outros países da África Austral, especialmente aqueles que fazem parte da SADC. Portanto, se você estiver dirigindo para Moçambique vindo da África do Sul, por exemplo, poderá notar algumas semelhanças surpreendentes nos regulamentos rodoviários.

Além disso, tenha cuidado ao escolher o tipo de transmissão do seu veículo. Sempre leve em consideração se for dirigir em terrenos acidentados ou simplesmente em cidades movimentadas. Se não está habituado a conduzir do lado esquerdo e vai ficar em cidades com trânsito insano como Maputo, é melhor alugar um carro automático. No entanto, se você tiver atividades off-road planejadas, alugar um carro manual seria o melhor.

Limite de velocidade

Excesso de velocidade não é apenas ilegal, mas também pode causar acidentes. Para evitar acidentes de carro e outros acidentes na estrada, os motoristas devem seguir os limites de velocidade em todos os momentos. Os limites de velocidade mantêm as estradas seguras, permitindo que os motoristas operem em velocidades uniformes, reduzindo ainda mais a possibilidade de colisões de veículos. Estes são os limites de velocidade mais importantes que os motoristas devem seguir:

  • Áreas urbanas - 60 KpH
  • Áreas rurais - 80 KpH
  • Rodovias - 120 KpH

Lembre-se de que a violação dos limites de velocidade pode resultar no pagamento de multas. Portanto, para se manter dentro do orçamento e evitar acidentes rodoviários, certifique-se de que segue os limites de velocidade e todas as outras regras e regulamentos rodoviários implementados em Moçambique.

Leis do cinto de segurança

De acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças, os cintos de segurança reduzem quase pela metade os principais ferimentos e mortes em acidentes de carro. Em Moçambique, passageiros e motoristas devem usar cinto de segurança, especialmente porque os acidentes de trânsito são um problema crescente no país. Aqueles que forem pegos sem o cinto de segurança serão parados e multados pelos fiscais de trânsito.

Instruções de direção

Rotatórias podem ser bastante intimidantes, especialmente se você estiver em um país com um lado motriz diferente daquele a que está acostumado. A maioria dos países tem trânsito pela direita; no entanto, Moçambique tem o oposto. Isso tornaria um pouco confuso para os motoristas que se aproximam de uma rotatória.

Antes de entrar em uma rotatória, lembre-se sempre que você deve dar prioridade aos veículos que estão dentro dela. Além disso, não se esqueça que é proibido parar ou estacionar nas praças centrais com movimento circular dos veículos.

Por último, se pretende ultrapassar, lembre-se que a manobra deve ser realizada à direita, visto que o lado da condução em Moçambique fica à esquerda. As ultrapassagens só devem ser feitas quando a segurança de todos os usuários da estrada estiver garantida, portanto, se você ainda não está confiante para dirigir à esquerda, é melhor não tentar ultrapassar veículos nesse meio tempo.

Sinais de trânsito

A maioria dos estados membros da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) compartilham sinais de trânsito semelhantes. Estes membros assinaram o SADC-RTSM, um documento que unifica muitas regras rodoviárias, particularmente sinais de trânsito, nos países da África Austral. Portanto, se você estiver dirigindo para Moçambique de Joanesburgo, África do Sul, não se surpreenda se vir algumas semelhanças nos sinais de trânsito.

Alguns dos sinais básicos que os países membros da SADC compartilham são os seguintes:

  • Sinais regulatórios
  • Sinais regulamentares normalmente controlam ou restringem as ações dos motoristas. Outros sinais sob sinais regulatórios incluem o seguinte:
    • Sinais de controle
    • Sinais de Comando
    • Sinais de proibição
    • Sinais de reserva
    • Sinais Abrangentes
    • Sinais de Mensagem Secundária
    • Sinais de Desrestrição
  • Sinais de aviso
  • Os sinais de aviso indicam circunstâncias perigosas na estrada. Esses sinais são classificados como:
    • Sinais de alerta antecipados
    • Sinais Marcadores de Perigo
  • Sinais de orientação
  • As placas de orientação, anteriormente classificadas como placas de informação, direcionam ou orientam os motoristas. Esses sinais são divididos em:
    • Sinais de localização
    • Marcador de rota e sinais de desbravador
    • Sinais de direção
    • Sinais de direção da autoestrada
    • Sinais de turismo
    • Sinais Esquemáticos
    • Sinais de pedestres
  • Sinais de Informação
  • Sinais de informação são sinais que não incluem direções ou navegações

Além disso, os sinais de trânsito são permanentes ou temporários. Os sinais de trânsito permanentes geralmente indicam condições normais e são usados constantemente. Por outro lado, sinais temporários são usados para indicar uma mudança nas circunstâncias normais. Essa mudança pode ocorrer por um determinado período, e as sinalizações temporárias só serão aplicáveis até então.

Direito de passagem

Se as regras da estrada não forem claras, isso pode levar a mal-entendidos e possíveis confrontos entre os motoristas. É por isso que também é importante conhecer a faixa de servidão se você estiver dirigindo no exterior. Em Moçambique, não se esqueça que os motoristas devem ceder aos militares. E que os veículos que trafegam sobre trilhos têm prioridade nos cruzamentos, cruzamentos e rotatórias.

A idade legal para conduzir depende do tipo de carta de condução que obtiver em Moçambique. No entanto, para veículos leves, a idade legal para dirigir é 18 anos. Observe que você geralmente deve ter entre 21 e 23 anos se estiver alugando um carro no país. Este requisito de idade mínima pode ser diferente entre as locadoras de veículos, e uma sobretaxa para Jovem Motorista será aplicada se você tiver menos de 25 anos ou se não tiver experiência suficiente de direção.

Leis sobre ultrapassagem

A ultrapassagem ocorre quando um veículo por trás tenta passar pelo carro da frente. Além disso, a manobra ocorre quando os dois veículos estão na mesma faixa. Uma vez que o lado da direção em Moçambique está à esquerda, isso significa que a ultrapassagem deve ser à direita. Aqui estão algumas regras que os motoristas estrangeiros devem ter em mente ao tentar ultrapassar um carro à frente deles:

  • Um motorista não pode ultrapassar se o veículo da frente tiver sinalizado sua intenção de ultrapassar o veículo à sua frente
  • Um motorista não deve dirigir do lado direito de um veículo que planeja ultrapassar sem sinalizar sua intenção
    • Eles também devem garantir que virar para o lado esquerdo não resultará em nenhum acidente
    • Antes de virar à esquerda, eles devem sinalizar novamente

Conforme mencionado, as ultrapassagens são comumente feitas à direita. No entanto, essas regras permitem que os motoristas ultrapassem pela esquerda:

  • Os motoristas podem ultrapassar veículos nos trilhos se os referidos veículos não estiverem ocupando o lado esquerdo da faixa de rodagem e não estiverem parados para carregar ou descarregar passageiros
  • Os motoristas podem ultrapassar veículos ou animais se o motorista sinalizou sua intenção de mudar de direção para a direita
    • A extrema esquerda da faixa de rodagem também deve ser deixada livre

Os motoristas também devem lembrar que ultrapassagens são proibidas em:

  • Encostas de estradas
  • Curvas com pouca visibilidade
  • Passagens de nível
  • Cruzamentos e cruzamentos
  • Travessias de pedestres
  • Áreas de parada
  • Estradas estreitas e outras zonas de perigo

Lado de Condução

O lado motriz em Moçambique está à esquerda. Moçambique observou muitas regras e características semelhantes a uma colônia portuguesa, sendo uma delas o volante à direita. No entanto, em 1928, os portugueses mudaram para uma direção à esquerda, e a maior parte de seus territórios logo em seguida.

Entretanto, Moçambique manteve o tráfego da esquerda devido aos países vizinhos que também circulam pela esquerda. Por exemplo, você está dirigindo para Moçambique de Durban, na África do Sul. Viajar entre essas nações significa que você não mudará de lado em nada. E isso é útil, pois você não terá que se ajustar a um lado diferente do motorista se estiver visitando um país vizinho.

A maior parte do mundo dirige à direita, então se você não está acostumado a dirigir à esquerda, aqui estão algumas dicas para que você possa se ajustar rapidamente:

  • Alugue uma transmissão automática
  • Certifique-se de se familiarizar com seu carro
  • Vá com calma e tenha cuidado - se você é um motorista agressivo, é melhor não ser nas estradas de Moçambique
  • Não tenha pressa - não tenha pressa enquanto dirige
  • Evite distrações e fique alerta - se você tiver passageiros, permita que eles leiam os mapas, usem o rádio, verifiquem as placas de trânsito ou cuidem das crianças pequenas
  • Tenha cuidado antes de entrar em rotundas, pois podem confundi-lo
  • Cuidado com os pedestres
  • Respire sempre que encontrar sinais de pare e luzes vermelhas
  • Aprenda com seus erros - você cometerá erros se nunca dirigiu do lado esquerdo da estrada; mas se você fizer isso, certifique-se de aprender com eles

Etiquetas de direção em Moçambique

Devido às estradas de Moçambique, espera-se que os motoristas de primeira viagem ou estrangeiros experimentem alguns solavancos ao longo do caminho. É por isso que é importante saber o que fazer em caso de emergências nas estradas, sejam elas pequenas ou grandes. Portanto, seja para encontrar problemas com o carro ou com a polícia, aqui estão as coisas que todo motorista deve fazer quando é colocado nessa situação.

Avaria no carro

Problemas com o carro podem ser um grande incômodo no meio de uma viagem, especialmente se você não sabe como lidar com eles. De acordo com o Código de Trânsito Rodoviário de Moçambique, aqui estão as coisas que os motoristas devem lembrar em caso de problemas com o carro:

  • Estacione imediatamente o carro ou remova-o da faixa de rodagem
  • Se o veículo não puder ser removido ou estacionado corretamente, certifique-se de avisar os outros motoristas que se aproximam com o uso de sinais de alerta
  • Reparações de automóveis na estrada são proibidas
  • Pessoas não envolvidas no estacionamento, sinalização ou reparo do veículo não podem permanecer na faixa de rodagem

Observe que a violação das disposições mencionadas pode resultar em multas. Além disso, sempre informe as pessoas sobre seus planos e certifique-se de guardar os números de contato da assistência rodoviária apenas por segurança. Alguns números importantes da linha direta em Moçambique são:

  • Polícia - 119
  • Ambulância - 117
  • Corpo de bombeiros - 998/999

* Os números de emergência em Moçambique nem sempre funcionam, por isso é melhor pedir informações sobre linhas directas de emergência e outras questões relacionadas com a sua acomodação ou mesmo sobre o pessoal dos aeroportos

Lembre-se também de que, caso ocorra uma avaria à noite, mantenha as portas do carro trancadas e peça assistência em vez de avaliá-la você mesmo.

Polícia pára

Você pode ver ou encontrar policiais enquanto dirige nas províncias ou cidades de Moçambique. E se não tiver conhecimentos básicos sobre a polícia moçambicana, pode acabar atraindo alguns oficiais corruptos que se safarão com o seu esquema. Lembre-se de nunca aceitar subornos e, se achar que eles estão assediando você, pode gravar um vídeo deles (exceto os militares).

Observe que diferentes policiais têm uniformes diferentes, então você deve estar ciente de quais policiais podem multá-lo ou não. Além disso, eles devem mostrar identificação, se você pedir. Aqui estão alguns uniformes com códigos de cores que você deve procurar:

  • Calças azuis e camisas brancas - Fiscais de trânsito; permitido te multar
  • Calças e camisas azuis claras - Polícia; não têm permissão para multá-lo se você infringir as regras de trânsito, mas eles podem levá-lo às delegacias de polícia se você cometer outros crimes
  • Verde escuro - polícia de intervenção rápida; também atuam como policiais de choque e são muito agressivos
  • Calças verdes e camisas verdes claras com braçadeiras vermelhas - Polícia de Táxi; só é permitido verificar táxis e outros meios de transporte público
  • Calça azul e camisa azul claro - Alfândega ou Alfândega; pode procurar veículos para mercadorias não declaradas
  • Camuflagem - Militar; permitido para revistar veículos em bloqueios de estradas ou pontos de fronteira

Os estrangeiros são mais propensos a atrair a polícia do que os locais, especialmente se você estiver dirigindo da África do Sul para Moçambique. Portanto, certifique-se de ter todos os documentos necessários, como passaporte, carteira de motorista, IDP, papéis de registro do carro e seguro de terceiros. Para os viajantes vindos de outros países africanos, os documentos de registro do seu carro são muito importantes. Observe que se o veículo que você dirige não for seu, você deve ter algum tipo de carta de autorização.

Pedindo direções

Visitar Moçambique é uma experiência fantástica, pois você pode mergulhar na cultura moçambicana, explorar as joias escondidas do país e fazer amizade com locais ansiosos. No entanto, suponha que você esteja indo para fora das grandes cidades. Nesse caso, poderá ter dificuldade em comunicar com os habitantes locais, a menos que trabalhem na indústria do turismo, por isso pode sempre optar por usar um mapa se estiver a conduzir em Moçambique.

Mas saiba que os moçambicanos são geralmente pessoas hospitaleiras e amigáveis, por isso não se deve sentir desconfortável em pedir ajuda a eles, especialmente os mapas parecem já não funcionar. Antes de abordar os moradores locais, certifique-se de cumprimentá-los e perguntar-lhes sobre seu bem-estar primeiro. Você pode até apertar a mão deles ou acenar com a cabeça. Não se esqueça que saudar as pessoas é um costume no país, e não importa se vocês não se conhecem.

Por último, note que apenas metade da população total fala português. No entanto, é a língua oficial deles, por isso é importante aprender algumas frases básicas, principalmente se precisar da ajuda de moradores locais. Aqui estão algumas palavras e frases em português que podem ser úteis durante a sua estadia em Moçambique:

  • Olá - olá
  • Até logo - Adeus
  • Bom dia - bom dia
  • Boa tarde - boa tarde
  • Boa noite - boa noite
  • Obrigado - obrigado
  • Como esta? - Como você está?
  • Quanto custa? - Quanto custa isso?
  • Eu estou perdido - estou perdido
  • Não falo bem português - Não falo bem português
  • Preciso da sua (tua) ajuda - preciso da sua ajuda
  • Estou perdido (a) - Estou perdido
  • Como chego ao (à)…? - Como faço para chegar até … ?
  • Você pode me mostrar no mapa? - Você pode me mostrar no mapa?
  • Vire à esquerd - Vire à esquerda
  • Vire à direita - Vire à direita
  • Em frente - em frente

Pontos de verificação

Dirigir para Moçambique tem muitos requisitos. Se você encontrar um posto de controle, certifique-se de carregar todos os requisitos do veículo, como um triângulo reflexivo, extintor de incêndio, colete reflexivo e outros itens necessários. No entanto, além daqueles nas passagens de fronteira, você também pode encontrar muitos pontos de controle em todo o país.

Uma vez que os funcionários moçambicanos são rigorosos, certifique-se de que tem o seu passaporte, carta de condução, IDP, seguro contra terceiros, registo do carro e outros documentos relacionados. Moçambique é muito exigente com seguros de terceiros e documentos para automóveis, por isso não se esqueça de os ter sempre consigo.

Outras dicas

Os acidentes são, sem dúvida, assustadores, especialmente se você entrar em um no exterior. E uma vez que dirigir nas estradas de Moçambique não é o mais seguro, colisões de veículos não são incomuns. Portanto, se você quer estar preparado e saber como agir em caso de acidentes de trânsito, não pule este guia.

Em caso de acidentes

Uma das coisas que os viajantes temem quando vão para o exterior é se envolver em acidentes, o que é bastante compreensível, já que estão em um lugar estrangeiro. Antes de assumir o volante em Moçambique, é importante saber o que fazer em caso de acidente.

De acordo com o Código de Trânsito Rodoviário de Moçambique, os motoristas que se envolvem em um acidente têm protocolos semelhantes aos de quem sofre de quebra de carro. E eles são os seguintes:

  • O motorista deve estacionar o carro ou encostá-lo no acostamento
  • Dado que o veículo não pode ser estacionado ou removido corretamente, o motorista deve usar sinais de alerta para alertar outros motoristas sobre a sua situação atual
  • Outros passageiros não envolvidos na sinalização ou remoção do veículo devem permanecer fora da faixa de rodagem
  • O condutor deve fornecer a sua identificação, bem como a identificação do proprietário e da seguradora do seu veículo, a todas as outras partes envolvidas
  • Se houver mortes no local, o motorista deve esperar até a chegada da polícia

Mais uma vez, não se esqueça que quem violar as disposições acima será punido em conformidade. Lembre-se sempre dessas regulamentações, para saber como agir em caso de acidentes.

Condições de condução em Moçambique

Como viajante, é crucial conhecer as condições das estradas do país em que você planeja dirigir, especialmente se for a primeira vez que dirige lá. Para saber o que vai enfrentar, não deixe de ler este guia, para ter uma boa noção das estradas moçambicanas, para que também possa garantir uma viagem segura e tranquila no país.

Estatísticas de acidentes

Em 2018, a OMS publicou dados que indicam que 3,75% do total de mortes em Moçambique foram causadas por acidentes de trânsito. Embora a morte por colisões de veículos esteja supostamente em declínio, ainda não é pequena o suficiente.

Dirigir embriagado e excesso de velocidade continuam sendo algumas das principais preocupações em relação aos acidentes rodoviários. No entanto, a superlotação e a falta de iluminação pública, calçadas, grades de proteção e sinais de trânsito também aumentam muito as chances de acidentes de trânsito e outros acidentes rodoviários relacionados.

Veículos Comuns

Além de carros e motos, um dos veículos que você pode encontrar em Moçambique são os ônibus. Este sistema de transporte público geralmente conecta as principais cidades. No entanto, como as cidades geralmente não têm estações, os ônibus saem das garagens da empresa ou no início da estrada, que os motoristas levariam para um destino específico. Observe que os ônibus menores são chamados de chapas , enquanto os ônibus grandes são chamados de machibombo .

Outro meio de transporte é o trem. O único comboio de passageiros que os turistas utilizam regularmente é o comboio que liga Nampula a Cuamba. Os vendedores também são vistos nas estações, mas ainda assim é aconselhável trazer comida e bebidas extras. Mesmo que apanhar o comboio seja um pouco incómodo, esta é também uma das melhores formas de ver as paisagens de Moçambique.

Rodovias com pedágio

Moçambique tem duas praças de pedágio na Rota com Pedágio N4; estas são as praças de Maputo e Moamba. Se você está dirigindo para Moçambique da África do Sul, você pode encontrar essas estradas com pedágio, que beneficiaram ambos os países, bem como outras nações da África Austral no comércio e na indústria.

Mais uma vez, taxas diferentes são aplicadas a veículos de classes diferentes e os motoristas podem pagar em dinheiro, TRAC Moçambique E-tag ou um cartão de débito TRAC pré-pago que o TRAC apenas emite. Por último, observe que você não terá que pagar pedágios se não estiver viajando pela África Austral.

Situações da estrada

A situação das estradas em Moçambique representa um grande risco para o país, e dirigir é considerado desafiador e perigoso. Grandes cidades como Maputo têm estradas melhores do que as das áreas rurais, visto que as estradas urbanas tendem a ser pavimentadas. No entanto, as ruas continuam estreitas e as pessoas também lotam a área. Postos de gasolina fora de Maputo são muito poucos, então se você estiver viajando para cidades pequenas, é melhor trazer combustível extra.

Muitos objetos, como postes de luz, sinais de trânsito e guarda-corpos que deveriam fornecer orientação e segurança aos usuários das estradas, são profundamente carentes. Além disso, as estradas podem se tornar perigosas durante a estação das chuvas, pois ocorrem lama, poças e até inundações. A visibilidade também pode ser prejudicada durante a estação seca e chuvosa, tornando a viagem especialmente perigosa para motoristas inexperientes.

Cultura de condução

Se você planeja dirigir em Moçambique, cuidado com muitos moradores locais que podem ser motoristas bastante imprudentes. Além do excesso de velocidade, muitos moradores mostram pouco cuidado em seguir ou conhecer as regras de trânsito de Moçambique. Os motoristas tendem a esquecer o direito de passagem, e motocicletas e veículos de três rodas tendem a ser um incômodo ao entrar e sair do tráfego. Portanto, certifique-se de manter o bom senso de estrada e esteja sempre alerta e cuidadoso ao dirigir em Moçambique.

Outras dicas

Suponha que você esteja viajando pela África, e digamos que você esteja dirigindo de Joanesburgo para Moçambique; você pode notar algumas semelhanças com as condições das estradas. No entanto, os viajantes de primeira viagem ou aqueles que nunca estiveram no sudeste da África podem não saber de outros detalhes importantes sobre as estradas moçambicanas. Então aqui estão algumas informações adicionais sobre as condições das estradas de Moçambique para garantir sua própria segurança no país.

Eles estão usando Kph ou Mph?

Como a maior parte do mundo e todos os estados da SADC, Moçambique usa Kph. Portanto, se você está dirigindo de Durban para Moçambique ou apenas fazendo uma viagem rodoviária na África do Sul em geral, o uso de Kph não será um problema, pois ele é mantido em todos os países membros também.

Agora, se você é de um país que usa Mph, saiba que Kph exibirá valores relativamente mais altos em seu velocímetro. Normalmente, os sinais de limite de velocidade são colocados em áreas diferentes, mas se não houver nenhum, certifique-se de dirigir de acordo com as condições locais. Assim, se houver pouca visibilidade em uma determinada área ou se as ruas estiverem escorregadias devido à chuva, você deve dirigir em baixa velocidade.

É seguro dirigir à noite?

Dirigir por Moçambique pode ser a maneira mais segura de se locomover pelo país, mas definitivamente não à noite. Um dos perigos das estradas em Moçambique é a falta de iluminação pública, o que torna a condução nocturna perigosa. Pedestres podem ser encontrados vagando em estradas escuras, e motoristas irresponsáveis ainda tentam ultrapassar veículos. Portanto, para evitar acidentes, evite dirigir à noite.

Coisas para fazer em Moçambique

Moçambique tem um certo encanto que atrai estrangeiros para o país e, quer esteja a conduzir nas províncias ou nas cidades de Moçambique, irá sempre encontrar algo novo e excitante. Portanto, não será uma surpresa se você também decidir se mudar para o país. Desde candidatar-se a residência até à procura de empregos como condutor em Moçambique, aqui estão várias coisas que pode fazer no país como visitante ou mesmo como futuro residente.

Dirija como um turista

Se você está dirigindo para Moçambique da África do Sul, saiba que as regras de trânsito para estrangeiros seriam muito mais rígidas, especialmente para aqueles que viajam de carro de outros países da África Austral. Os motoristas devem sempre levar consigo os requisitos do veículo especificados pelos oficiais moçambicanos. Estes são:

  • Dois triângulos reflexivos
  • Dois coletes reflexivos
  • Extintor de incêndio
  • Adesivo de reboque se o seu veículo for usado para reboque
  • Autocolante com o código do país
  • Seguro de terceiros
    • Lembre-se que o seguro contra terceiros é obrigatório em Moçambique, e os estrangeiros podem adquiri-lo nos pontos de passagem de fronteira

Além dos requisitos do veículo, os motoristas também devem trazer todos os documentos necessários, tais como:

  • Passaporte e visto
  • Carteira de motorista
    • Os estrangeiros estão essencialmente autorizados a conduzir em Moçambique durante 90 dias
  • IDP
    • É necessário um PDI em Moçambique, particularmente de nacionais que não são de nenhum dos estados membros da SADC
  • Registro de carro
    • Se você estiver viajando da África do Sul ou de outros países africanos com um carro que não seja seu, você deve ter uma carta de autorização que permite que você use o veículo
  • Seguro de automóvel
    • O seguro contra terceiros é obrigatório em Moçambique, por isso, mesmo se for alugar um carro no país, certifique-se de que adquire também um seguro contra terceiros

Trabalho como motorista

Você está interessado em gerar empregos em Moçambique? Se acha que se acostumou com as estradas do país, pode escolher ganhar a vida dirigindo e pode começar a procurar empregos como motorista em Moçambique.

Se não quer trabalhar como motorista particular ou como motorista de táxi, saiba que existem diferentes posições à sua escolha, que vão desde trabalhos de entrega a empregos de motorista de caminhão em Moçambique. No entanto, você só tem permissão para trabalhar como motorista se possuir a licença apropriada.

Além disso, não se esqueça das regras de trânsito e das medidas de segurança a serem praticadas. Se você estiver particularmente interessado em se candidatar a empregos como motorista de caminhão em Moçambique, note que esses empregos podem ser muito perigosos dependendo da rota que você fizer. Portanto, tome cuidado para evitar acidentes e as chances de sua licença ser revogada.

Trabalho como um guia de viagens

Embora tenha estatísticas de turismo muito mais baixas em comparação com os países vizinhos, Moçambique ainda recebe mais viajantes todos os anos; assim, contribuindo para o turismo em expansão do país.


Se pensa que é proficiente na história e cultura moçambicana e deseja trabalhar como guia turístico, note que a maioria dos candidatos são cidadãos moçambicanos. Também é incomum que estrangeiros sejam guias de viagem no país. Além disso, os guias turísticos geralmente devem ter diploma em turismo ou a experiência adequada para conseguir o emprego.

Candidatar-se a residência

O número de estrangeiros que se mudam para Moçambique está aumentando gradativamente, então, se você é um deles, observe que primeiro é necessário solicitar o Documento de Identificação e Residência para Estrangeiros (DIRE). Ele é renovado anualmente no Immigration Office, geralmente não mais do que dez dias após o vencimento, e sua renovação dura cerca de um mês.


Antes de obter o seu DIRE, você primeiro precisará compilar alguns requisitos específicos para residir legalmente em Moçambique, e estes são os seguintes:

  • Carta de candidatura
  • Um original e uma fotocópia do seu passaporte
  • Uma fotocópia do seu visto de residência
  • Três fotos tamanho passaporte
  • Prova de meios de apoio financeiro
  • Relatório policial
  • Certificado fiscal de quitação
  • Licença comercial ou alvará se você tiver um negócio
  • Outros documentos específicos solicitados aos candidatos

Outras coisas a fazer

Você finalmente planeja residir em Moçambique? Se fizer isso, você precisará obter outros documentos essenciais, como carteiras de motorista ou autorizações de trabalho, e aprender sobre as oportunidades de trabalho do país. O primeiro é crucial se você também estiver interessado em gerar empregos em Moçambique. Certifique-se de não pular este guia para saber sobre outras coisas que você pode fazer no país.

Como posso solicitar uma carta de condução em Moçambique?

Dirigir em Moçambique é um desafio completo. No entanto, também é a maneira mais segura e eficiente de se locomover pelo país. Se você planeja se candidatar a uma carteira de habilitação em Moçambique, observe que você terá que fazer alguns cursos de direção e agendar alguns exames em uma escola de direção local.

Além disso, candidatar-se a uma licença local é uma forma de se tornar um condutor, visto que está interessado em alguns empregos como condutor em Moçambique. Encontrar um emprego decente no país pode ser bastante difícil, mas se você quer trabalhar como motorista, sua melhor opção é se candidatar nas grandes cidades. Se pensa que Maputo não é para si, pode também tentar candidatar-se a empregos como condutor em Tete, Moçambique.

Se você está se candidatando a uma escola de direção, lembre-se de que o exame escrito de direção é em português, portanto, é melhor aprender o idioma antes de fazer o exame. No entanto, se está a matricular-se na Escola de Condução Internacional em Maputo, pode fazer o teste em Inglês. Outros requisitos de que você também precisa são sua carteira de motorista atual, um exame médico e um registro criminal.

Quanto custam as taxas de habilitação para dirigir em Moçambique?

Você está finalmente animado para dirigir por um longo prazo ou preocupado em encontrar empregos como motorista em grandes cidades como Tete, Beira, ou mesmo Maputo, Moçambique? Lembre-se de que primeiro você precisa obter uma licença, e com a licença vêm as taxas. Então, quanto custam as taxas da licença de condução em Moçambique?

De referir que, em 2018, verificou-se aumento dos preços dos exames de condução e carteiras de habilitação; actualmente, os exames de condução já custam 2.185 meticais e as carteiras de condução custam agora 2.500 meticais.

Como faço para obter uma autorização de trabalho em Moçambique?

As autorizações de trabalho são obtidas por estrangeiros que pretendam trabalhar em Moçambique, visto que a empresa para a qual pretendem trabalhar não consegue encontrar moçambicanos aptos para o cargo. Além disso, um sistema baseado em quotas para estrangeiros é praticado em Moçambique. Portanto, se você estiver dentro da cota de indivíduos com permissão para adquirir uma autorização de trabalho, você deve primeiro ser capaz de enviar estes requisitos:

  • Dois formulários de inscrição devidamente preenchidos
  • Três cópias do contrato de trabalho
  • Uma cópia de sua autorização de residência ou passaporte
  • Uma licença operacional
  • Uma lista dos funcionários da empresa no ano anterior
    • Este documento é oficial e deve indicar o número total de funcionários, bem como seus cargos e salários
  • Autorização de projeto de investimento (apenas se aplicável)
  • Declaração da autoridade fiscal declarando que a empresa está em conformidade com seus impostos
  • Declaração do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que atesta o cumprimento da empresa em suas contribuições previdenciárias
  • Comprovante de pagamento da taxa de inscrição

Se você ficar fora da cota, terá que enviar requisitos adicionais, que podem incluir o seguinte:

  • Certificado de equivalência
  • Parecer da Comissão Sindical
  • Certificado de suas qualificações acadêmicas profissionais
  • Um registro de sua experiência profissional

Quais são as outras oportunidades de trabalho em Moçambique?

Para além dos empregos de condução, Moçambique depende muito dos seus recursos naturais e muitas pessoas também podem encontrar uma carreira nesta área. Mas, além da agricultura e indústrias semelhantes, existem outras disciplinas nas quais você pode se aprofundar, como educação e saúde, uma vez que esses setores precisam urgentemente de trabalhadores. Mas você também deve garantir que está sendo bem remunerado, especialmente se planeja trabalhar em campos subdesenvolvidos como esses.

Além disso, observe que os estrangeiros que falam português podem encontrar muitas oportunidades em Moçambique. A língua oficial do país é o português, então você tem vantagem instantânea sobre a média dos candidatos estrangeiros se falar o dialeto.

Principais destinos em Moçambique

Moçambique oferece alguns dos mais diversos atrativos turísticos aos seus visitantes. Portanto, se você estiver no país, experimente de tudo, desde sua cultura, história, praias e vida selvagem. Não importa quanto tempo seja a sua estadia em Moçambique, certifique-se de passar por alguns destes principais destinos turísticos.

Parque Nacional da Gorongosa

Qual é a melhor maneira de desfrutar da África do que um safari de vida selvagem? Moçambique oferece uma das mais belas reservas localizadas no extremo sul do Grande Vale do Rift da África Oriental. O Parque Nacional da Gorongosa abrange uns impressionantes 4.000 km quadrados. e é o lar de muitos animais como elefantes, leões, hipopótamos e outros animais selvagens. Não deixe de visitar o parque nacional, uma vez que abriga muitas atividades e atende aos amantes dos animais e visitantes de todas as idades.

Instruções de direção:

  1. De Inchope, siga em frente até o cruzamento e continue na EN1.
  2. Atravesse uma ponte sobre o Rio Pungoé e continue dirigindo até que a placa do Parque Nacional da Gorongosa possa ser vista.
  3. Vire à direita na estrada de terra e continue dirigindo até o portão de entrada do parque.

Coisas para fazer

O Parque Nacional da Gorongosa é uma das principais atracções turísticas do país e todos os visitantes, sejam crianças ou adultos, vão adorar este lugar. Aqui estão algumas das atividades mais divertidas que o parque oferece aos seus hóspedes.

1. Faça um Safari com guia

Uma das melhores formas de conhecer a Gorongosa é participando num safari guiado. Passeie pelo parque para ver a diversidade da vida selvagem, bem como as vistas deslumbrantes para uma experiência inesquecível no Parque Nacional da Gorongosa.

2. Visite a Serra da Gorongosa e o Projecto do Café

Você quer experimentar algo relativamente único? Além de cair na planície de inundação e se deleitar com a vista da Serra da Gorongosa, você também pode visitar os agricultores que cultivam café para salvar a floresta tropical. Esta atividade é sazonal, portanto, certifique-se de vir entre abril a setembro.

3. Voe ao redor do parque

Andar de 4x4 não é a única maneira de ver o parque. Pode fazer uma excursão aérea de helicóptero ou avião para ver os animais abaixo e a paisagem exuberante do Parque Nacional da Gorongosa.

4. Descubra o parque por meio de suas águas

Além dos safáris, você também pode fazer um safári de barco ou canoa. É uma experiência diferente do habitual safári a pé ou mesmo de bicicleta. Você consegue ver não apenas os terrenos dos parques e animais terrestres, mas também pode explorar as águas da área e a vida selvagem que ali reside.

Ilha Inhaca

Encontrada a cerca de 40 km da costa de Maputo, a Ilha da Inhaca, também conhecida como Ilha de Inhaca , é uma ilha que é um refúgio tropical perfeito e é também um centro de investigação marinha. Em 1976, partes da área e suas águas se tornaram uma reserva marinha, e cerca de 300 espécies de pássaros foram registradas. A Ilha de Inhaca é o lugar perfeito para os viajantes que desejam uma pausa da agitação da cidade e para os entusiastas do oceano que desejam vivenciar a vida marinha no sudeste da África

Instruções de direção:

  1. Do Aeroporto Internacional de Maputo, siga em frente e vire à direita.
  2. Mantenha a direita para continuar em direção à Av. Acordos De Lusaka.
  3. Vire ligeiramente à direita e depois à esquerda para permanecer na Av. Acordos De Lusaka.
  4. Na rotatória, pegue a 2ª saída e continue na Av. Prof. Acordos De Lusaka.
  5. Na rotatória, continue em frente na Av. Guerra Popular.
  6. Vire à esquerda em direção à Av. Filipe Samuel Magaia.
  7. Vire à direita na 1ª rua transversal para a Av. Filipe Samuel Magaia.
  8. Vire à esquerda na Av. Ho Chi Min.
  9. Vire à direita e na rotatória pegue a 5ª saída.
  10. Mantenha-se à direita para continuar em direção à Avenida Samora Machel e, a seguir, mantenha-se novamente à direita para continuar na estrada.
  11. Vire à esquerda na R. Ngungunhane e depois à direita.
  12. Continue em frente. Estas direções levam ao Cais da Balsa de Catembe, onde você pode pegar uma balsa para chegar à Ilha Inhaca.

Coisas para fazer

Se lhe apetece uma escapadela numa ilha, Inhaca é um dos melhores locais a visitar, até porque não é uma das praias mais populares de Moçambique; Tornando-se assim o local perfeito para quem pretende fugir dos destinos mais concorridos como o Bazaruto. Então, para aproveitar sua estadia em Inhaca, aqui está uma lista de atividades que você pode realizar na ilha.

1. Relaxe na praia

Visite um dos principais destinos turísticos de Moçambique na Vila da Inhaca. A praia da região é o lugar perfeito para os turistas relaxarem, tomarem sol ou tomarem alguns drinks à beira-mar. Se você não quer uma viagem intensamente ao ar livre, este destino é ideal para você.

2. Vá para a observação de baleias

Se você adora animais ou é um ávido fã da vida selvagem aquática, pode observar as baleias jubarte na Ilha da Inhaca. Estas criaturas magníficas podem ser avistadas entre setembro e novembro, por isso certifique-se de reservar a sua estadia na ilha durante estes meses.

Mergulhe nas águas e veja

Claro, aqueles que desejam mergulhar totalmente na vida marinha podem mergulhar nos recifes externos. Os mergulhadores podem ver as várias espécies de corais, bem como outros animais aquáticos da área. Se quiser fazer uma pausa na exploração da vida selvagem, você pode até mesmo optar por nadar ao redor dos destroços divisíveis espalhados ao redor.

Veja os pescadores competirem em competições internacionais de vela

Você não gosta de aventuras ao ar livre? Você prefere assistir as pessoas participando deles? Se sim, você pode participar dos desafios internacionais de vela que acontecem na ilha. Vá e escolha entre a Corrida Inhaca na Páscoa ou a Corrida Vasco da Gama em Julho para ver os pescadores a competirem entre si.

Praia Macuti

Visto que Moçambique é conhecido pelas suas costas, outro local a visitar para uma escapadela de fim-de-semana é a Praia de Macuti na Beira. O que torna a praia tão especial e única são os restos de um naufrágio e um farol abandonado.

Na maré baixa, os visitantes podem nadar livremente pelas águas e explorar os destroços; eles também podem tirar fotos e admirar o farol construído em 1904. Hoje em dia, além de tomar sol ou nadar, os viajantes visitam a praia para relaxar e se misturar com os locais ou até mesmo tomar alguns drinks nos bares próximos

Instruções de direção:

  1. Do Aeroporto Internacional da Beira, siga para oeste e vire à esquerda.
  2. Vire à esquerda e continue em frente antes de virar à esquerda novamente na Estr. Manga Aeroporto.
  3. Finalmente, você vira outra esquerda. Seu destino estará à direita.

Coisas para fazer

Outra atração tropical a se visitar é a Praia de Macuti, principalmente por também possuir alguns aspectos históricos, como o farol e o naufrágio que a torna tão famosa. Se você planeja visitar Macuti, aqui estão algumas coisas que você pode fazer na região.

1. Dê um mergulho na praia

Não há melhor maneira de curtir a Praia de Macuti do que dar um mergulho em suas águas e nadar, principalmente pelo naufrágio que você pode explorar melhor quando a maré está baixa. As águas ficam ainda mais atraentes no verão, quando os dias são mais longos e quentes, e as águas parecem mais azuis e frias.

Tire fotos do farol e do naufrágio

Antes de partir, você deve ter pelo menos algumas lembranças e tirar algumas fotos do farol e do naufrágio na Praia de Macuti. Essas atrações não só tornam a praia mais popular e adicionam um pouco de estética às suas fotos, mas também dá a sensação de que você está levando um pouco da história de Moçambique para casa, mesmo que seja apenas na forma de algumas fotos.

Tome algumas bebidas nos bares próximos


Ficar na praia o dia todo pode ser meio cansativo e com certeza vai deixá-lo com sede. Portanto, se você quiser algo para beber, vá aos bares próximos para pedir uma bebida refrescante e misture-se com os outros hóspedes que estão por perto.

Reserva Especial de Maputo

Outra reserva a adicionar à sua lista de atracções turísticas em Moçambique é a Reserva Especial de Maputo, anteriormente conhecida como Reserva de Elefantes de Maputo. Foi criado em 1960 para a proteção de elefantes e, em 1969, também serviu para proteger outros animais.

Os hóspedes que visitam a Reserva Especial de Maputo podem desfrutar do oceano impressionante enquanto exploram os campos com animais como girafas, impalas e zebras. Portanto, se quiser fazer um safari com vista para o mar, não deixe de passar pela Reserva Especial de Maputo.

Instruções de direção:

  1. Do aeroporto de Ponta, siga para nordeste e vire à esquerda.
  2. Vire à esquerda e depois à direita.
  3. Vire à esquerda e, em seguida, vire ligeiramente à direita.
  4. Continue em frente.
  5. Vire a esquerda. Seu destino estará à direita.

Coisas para fazer

Para os hóspedes que pretendem fazer um safari, outra reserva a visitar é a Reserva Especial de Maputo. É o lar de elefantes, que antes eram protegidos principalmente, e de outros animais. Se quiser desfrutar da vida selvagem africana na praia, aqui está uma lista de atividades para fazer na Reserva Especial de Maputo.

1. Veja os elefantes na reserva

Além dos outros animais, certifique-se de se deliciar com a beleza de uma das criaturas mais dóceis da terra, os elefantes. A Reserva Especial de Maputo costumava ser chamada de Reserva de Elefantes de Maputo, e sua viagem ao parque seria incompleta se você não localizasse e observasse o homônimo da reserva.

2. Acampar com os animais

Se quiser uma experiência única com a vida selvagem circundante, pode acampar na Reserva Especial de Maputo. Você pode ouvir os ruídos dos animais como os hipopótamos ou observar as estrelas, pois a poluição luminosa está ausente, oferecendo uma visão perfeita do céu noturno para qualquer pessoa na área.

3. Vá observar pássaros


Para os amantes de pássaros, você pode fazer observação de pássaros na Reserva Especial do Macuto. Fique atento para mais de 300 espécies de pássaros que vagam na área, incluindo o melro-manchado, bico-de-boi africano, Buttonquail-preto, Garra longa-de-garganta-rosada, tarambola-castanha e muitos mais.

Reserva do Niassa

África, em geral, é repleta de paisagens deslumbrantes e cenários deslumbrantes, e outro local a visitar para apreciar as vistas, assim como os animais a pastar, é a Reserva Nacional do Niassa. Ele está localizado no norte de Moçambique com o rio Ruvuma, seu limite norte, na fronteira com a Tanzânia.

Os visitantes podem participar em muitas atividades de ecoturismo e, uma vez que a Reserva do Niassa não é popular em todo o mundo, agarre a oportunidade de ver este pequeno pedaço do paraíso enquanto ainda está aberto ao público.

Instruções de direção:

  1. Do Aeroporto de Pemba, siga para o norte e vire ligeiramente à direita.
  2. Vire à direita na primeira rua transversal.
  3. Continue em frente.
  4. Faça dois pequenos direitos.
  5. Continue em frente e novamente, vire ligeiramente à direita.
  6. Continue em frente.
  7. Faça uma curva fechada à direita e siga em frente. Essas instruções levam a Mecula, de onde você pode continuar dirigindo até a reserva.

Coisas para fazer

Um dos destinos turísticos menos conhecidos, mas de visita obrigatória, é a Reserva do Niassa. Ele não recebe tanto amor e atenção em todo o mundo, especialmente com todas as dificuldades que o parque tem passado. No entanto, ainda está de pé até hoje, então para os visitantes curiosos o suficiente para explorar esta joia escondida, aqui estão algumas coisas divertidas que você pode desfrutar de fazer na Reserva do Niassa.

1. Faça um safári

A Reserva do Niassa é uma das reservas menos conhecidas do mundo. No entanto, isso não deve impedi-lo de explorar o terreno e ver os diferentes animais pastando no parque. Você pode ver elefantes, leões, cães selvagens e outros animais perambulando.

2. Experimente a caça esportiva

Uma das coisas que os turistas podem fazer no Niassa é a caça desportiva. Esta é uma atividade relativamente controversa, mas também é uma forma de manejar os animais. Além disso, isso é permitido pela administração, então, desde que você não seja um caçador furtivo ameaçando a existência de vida selvagem no parque, você está pronto para ir.

3. Misture-se com os locais


Além dos animais, as pessoas constituem o núcleo da Reserva do Niassa. Muitos habitantes locais vivem na área e seu sustento também está dentro da reserva. Portanto, se pretende conhecer mais a cultura e as pessoas moçambicanas, não hesite em interagir com os residentes.

Obtenha sua Permissão Internacional para Dirigir em 2 horas

Aprovação instantânea

Válido por 1-3 anos

Transporte expresso mundial