Guia de condução do Djibuti

Djibouti é um belo país único. Explore tudo isso dirigindo quando você receber sua Permissão Internacional para Dirigir

2021-07-23 · 9 minutos

Para fazer com que sua viagem pela África valha a pena, Djibouti deve estar em seu itinerário. O país está estrategicamente situado no Chifre da África, onde se encontra na borda oriental do continente, adjacente ao Golfo de Aden e ao Mar Vermelho. Djibouti oferece paisagens altamente diversificadas que vão desde praias de areia e cascalho até areia escura típica de pântanos costeiros. Como um porto regional, a economia do país é influenciada pelas indústrias de abastecimento e transporte marítimo.

Para tornar a sua estadia neste país mais administrável, uma Permissão de Motorista Internacional (IDP) é imprescindível para que você possa alugar um carro com facilidade, facilitando assim a atividade de dirigir no Djibuti e explorar seus incríveis locais. A referida autorização também pode oferecer um horário flexível, ideal para quem quer seguir o seu próprio tempo. Além disso, permite que você acesse locais específicos que não podem ser explorados ao utilizar o transporte público do país.

Como este guia pode ajudá-lo?

É seguro dizer que, para tirar o máximo proveito de suas viagens futuras; é imperativo planejar com antecedência. A este respeito, pode-se preparar com antecedência, obtendo informações úteis sobre o país que você está prestes a visitar. Este guia pode fornecer detalhes que certamente tornarão sua viagem a Djibouti uma experiência agradável. Esses detalhes incluirão como explorar o país, belos lugares para você visitar e o que fazer e o que não fazer como turista em Djibouti.

Este guia abrangente também pode transmitir conhecimentos valiosos sobre como você pode explorar com segurança e eficácia todos os locais enquanto dirige em Djibouti hoje como um turista. Leia mais se quiser saber mais sobre o país, seu povo, cultura e situação do trânsito antes de viajar para lá. Ler sobre este guia é uma excelente maneira de aprender sobre esses detalhes.

Informações gerais

Djibouti é sem dúvida um belo país e, como outras nações africanas conhecidas por suas belas paisagens, o melhor é explorá-lo em uma estrada aberta. A cultura do país é influenciada por descendentes de árabes, africanos e oceânicos. As atrações neste país são muito variadas: praias para surf e natação; desertos para windsurf e direção; e lagos salgados para passear são apenas algumas das atividades que você pode fazer enquanto estiver neste país.

Localização geográfica

Djibouti está espremido dentro dos países da Somália, Eritreia e Etiópia e encontrado junto ao Mar Vermelho. A metade oriental do país é bifurcada pelo Golfo de Aden, que abastece a maior parte de sua costa. A geografia do país é extremamente variada, variando de planícies separadas por planaltos no leste e oeste até montanhas escarpadas no norte. O pico mais alto do país é manifestado pelo Monte Moussa, e seu ponto mais baixo é encontrado no lago salino de Assal, que é relatado como a superfície mais baixa do continente africano.

Línguas faladas

Conforme mencionado acima, os dois principais grupos étnicos em Djibouti falam a língua chamada Cushitic. A república do país também reconhece o francês e o árabe como suas duas línguas oficiais. Curiosamente, o somali é a língua mais falada no país, mas não é ensinada nas escolas e raramente é escrita pelos habitantes locais.

Uma grande porcentagem da população neste país é considerada multilíngue. Embora o árabe seja ensinado como primeira língua, o francês é considerado o meio de instrução para alunos do ensino fundamental e médio.

Área de pouso

A área total do país é estimada em 23.200 km2. Freqüentemente mencionado por muitas nações como o tesouro geográfico da África, Djibouti hospeda algumas das atividades geotérmicas e sísmicas mais significativas do mundo. Grande parte de seu terreno é coberta por basalto, produto de erupções vulcânicas ocorridas no passado. As atividades vulcânicas também são o motivo da expansão das placas do país entre a Península Arábica e a África.

História

Os britânicos, italianos e franceses foram os colonizadores ativos conhecidos de várias nações africanas no século XIX. Djibuti é um dos países do mundo que foi colonizado por eles e é o povo francês que tem grande impacto no estado atual do país. Foi apenas no ano de 1900 que os moradores de Djibouti tornaram-se agressivos com a reivindicação de independência do controle francês. Finalmente, em 27 de junho de 1977, o país obteve a independência oficial dos franceses.

O primeiro presidente do país foi Hassan Gouled Aptidon e a nação esteve sob sua administração até o ano de 1987. As tribos Afar e Somali que estão intimamente associadas à Península Arábica foram as primeiras comunidades na África a adotar o Islã. No ano de 1990, teve início a Guerra do Golfo e Gouled permitiu que a presença dos militares franceses se fizesse sentir mais uma vez no país.

No momento, para desespero dos locais, o Governo de Djibouti ainda desempenha um papel ambivalente para manter um relacionamento forte e bom com dois países, as nações americana e francesa, respectivamente. O país fez parceria com Dubai em um plano chamado de projeto Doraleh, que visa acelerar o progresso de Djibouti para que seja eventualmente referido como o “Dubai da África Oriental”.

Governo

Djibouti tem um governo do tipo República com uma perspectiva econômica e política muito instável.

Sua constituição confere o poder presidencial ao governo que prevê um regime semi-presidencialista. Além disso, o parlamento e o governo compartilham o poder legislativo. O Chefe de Estado do país é o Presidente, enquanto o Chefe do Governo é o Primeiro-Ministro.

O Governo do Djibouti tem três ramos distintos, nomeadamente o Executivo, o Legislativo e o Judiciário. No Poder Executivo, o Presidente é conhecido como o Chefe do Estado que nomeia o Primeiro-Ministro, e tem cinco anos para um mandato. O Poder Judiciário é representado pelo Supremo Tribunal e é independente do Poder Legislativo e Executivo. O ramo legislativo é chefiado pelo Conselho de Ministros e pelo Parlamento.

Turismo

O turismo de Djibouti desempenha um papel significativo na estratégia de desenvolvimento econômico do país. O objetivo do país é atingir a meta de atrair meio milhão de turistas todos os anos até o ano 2030. Essa visão do país busca alavancar os ganhos em divisas e a criação de empregos que ajudarão significativamente seu povo e a economia em crescimento. Os especialistas afirmam que o país vai conseguir isso facilmente por causa dos muitos nichos de atração que estão presentes no país.

Do ponto de vista linguístico, Afar e Somali são os dois maiores grupos étnicos de Djibouti. Ambos os grupos étnicos são conhecidos por falar a língua inteligível chamada Cushitic. A comunidade Afar vive no norte e oeste do Golfo de Tadjoura, que é escassamente povoado. Curiosamente, a distribuição das populações Afar neste país segue um padrão um tanto triangular e alongado, que costuma ser apelidado de "triângulo Afar".

Duas estações conspícuas se manifestam em Djibouti. O clima muitas vezes tórrido influencia uma estação fria que geralmente vai de outubro a abril e um clima tipo mediterrâneo com baixa umidade que vai de maio a setembro. Um aumento na temperatura do país é influenciado principalmente pelo vento khamsin quente que sopra no deserto do interior e contribui para a quantidade de precipitação. O clima ameno do país atrai pessoas de todo o mundo.

Vistos Especiais

Alguns dos documentos necessários para entrar em Djibouti incluem um passaporte que deve ser válido para toda a sua estadia como turista. Este prazo só é válido até 31 de dezembro de 2020. Um visto que é conferido pela embaixada do Djibouti também é outro documento caso você pretenda visitar o país como turista. Um atestado médico que comprove a vacinação contra a febre amarela também é um pré-requisito para entrar neste país africano.

Um atestado médico comprovando que você fez o teste do vírus COVID-19 também é necessário no momento da inscrição. O documento deve ser válido por pelo menos 72 horas. Ao chegar a este país, outro teste de esfregaço deve ser realizado e você deve aguardar os resultados antes que as autoridades autorizem você viajar e usar o transporte público. Ao explorar o país, espera-se que os padrões mínimos de saúde sejam praticados tanto por residentes quanto por turistas.

IDP FAQs

Viajar por um país estrangeiro no consolo do seu próprio tempo tornará a viagem mais divertida, em vez de ser um problema. Dirigir seu próprio carro pode ser a melhor maneira de o conseguir. Dessa forma, uma pergunta importante que você deve fazer a si mesmo antes de dirigir em um país desconhecido é se a administração espera que você adquira uma Permissão de Motorista Internacional (IDP) . Para a situação do Djibouti, o referido subsídio é um requisito indiscutível para quem decide conduzir no Djibouti agora como turista.

Para garantir uma excursão segura ao Djibouti, o IDP é um documento de viagem necessário para transportar. A licença permite dirigir nas cidades e regiões do Djibouti sem problemas. Obter esta licença é simples e sem complicações, pois deve ser facilmente possível online com a ajuda da International Drivers Association. Para saber mais sobre os pré-requisitos de como você pode ter acesso a esta importante bolsa, continue lendo para garantir férias relaxantes no país de Djibouti.

Quem precisa de um PDI?

Conseguir um PDI é algo em que uma pessoa que viaja com frequência para o exterior deve pensar. A licença é algo que permitirá que você dirija seu próprio carro conforme sua conveniência como turista. Com esta licença, sua licença regular pode ser traduzida para 12 outros idiomas, o que é útil caso você queira dirigir em um país cujos residentes não falam o idioma inglês. No caso do Djibouti, o IDP é recomendado como documento de viagem para a maioria dos estrangeiros que dirigem.

Pode ser considerado um requisito importante para dirigir em Djibouti para aqueles que estão ocupados e não podem se dar ao trabalho de patrocinar o sistema de transporte público de uma nação para fins de negócios ou viagens. A mesma comodidade pode ser aplicada a quem tem planos de ser residente num país. Com seu IDP válido e carteira de motorista regular, você ainda tem permissão para dirigir nas estradas do país enquanto está obtendo a carteira de motorista local do país.

A carteira de motorista local é válida no Djibouti?

Sua carteira de habilitação nas estradas do Djibuti não é suficiente para permitir que você dirija nesta nação. Além de sua carteira de motorista nativa, quando estiver em Djibouti, você também deve possuir a carteira de motorista internacional ou IDP como documento de apoio. Este é um dos requisitos para dirigir em Djibouti que você deve ter em mente antes de entrar no país. No entanto, o IDP não é um substituto para sua carteira de habilitação regular e, como tal, duas devem sempre ser carregadas juntas.

Além de dirigir nas estradas do país, o IDP também é um documento útil caso você decida ficar permanentemente e tentar conseguir um emprego de motorista em Djibouti. Com sua carteira de motorista nativa e o IDP, você pode se candidatar a empregos como motorista no Djibouti e dirigir um carro enquanto tira sua carteira de motorista do Djibouti. Também lhe permitirá praticar a condução no Djibouti a distâncias longínquas, como conduzir para um país vizinho.

Preciso de um PDI nas cidades e distritos de Djibouti?

Um IDP é um documento de viagem importante para estrangeiros que planejam dirigir em um país estrangeiro. Seja você um turista, empresário ou um futuro residente que planeja dirigir no Djibouti e conseguir um emprego, o IDP o ajudará em todas essas atividades. Conforme mencionado acima, esta licença não substituirá sua carteira de habilitação local ou regular do país. A licença regular e o IDP são documentos inseparáveis para transportar, caso você decida dirigir nas estradas de um país estrangeiro.

Quando vou usar meu IDP?

O IDP deve ser usado ao dirigir em um país distante que espera que você obtenha a licença. Por exemplo, se você estiver dirigindo em Djibouti com sua licença local, também precisará da licença, pois ela é tudo menos um substituto para sua licença local. Se você não quiser ter problemas relacionados ao tráfego ao dirigir em um país estrangeiro, seu IDP e carteira de motorista regular são documentos importantes para se transportar ao dirigir um carro.

Com o IDP, sua licença regular pode ser interpretada em doze idiomas. Desta forma, você pode apenas mostrar os documentos de viagem pertinentes às autoridades locais, caso seja chamado por elas. O IDP dá a esses responsáveis pela fiscalização a capacidade de entender o que está escrito em sua carteira de motorista, especialmente quando eles não falam o idioma inglês. Como você pode ver, dirigir em Djibouti hoje é fácil, contanto que você tenha o PDI.

Quem pode se inscrever para um PDI?

Os motoristas com carteira de motorista válida são qualificados para se candidatar ao IDP. O IDP essencialmente concede a você a capacidade de dirigir na estrada de um país estrangeiro. Um lembrete importante, porém, é que o IDP nunca é reconhecido como um substituto da carteira de motorista. A licença é um documento conveniente para que quando você estiver dirigindo em Djibouti, e o inglês não é a língua falada pelas autoridades, você basicamente mostre a licença a eles, pois ele pode traduzir sua licença.

Caso você esteja preparado para se inscrever para um IDP, visite a página de inscrição da International Drivers Association e escolha um pacote de IDP que se relacione com a legitimidade do seu IDP. Aqui estão os pré-requisitos para seu aplicativo:

  • Cópia do passaporte (se necessário)
  • Carteira de habilitação válida emitida pelo governo
  • Foto sua em tamanho de passaporte

Quando posso me inscrever para um PDI?

Saber se a nação que você visitará exige um IDP é a principal coisa que você deve fazer antes de solicitar a licença. Se você estiver dirigindo no Djibouti com sua licença local, o IDP é essencial. Candidatar-se a esta bolsa não tem hora específica. Indivíduos que viajam para o exterior são geralmente aqueles que se inscrevem para um IDP.

A International Drivers Association oferece uma preparação rápida desta licença. Em um intervalo de duas horas, eles já poderiam conceder, que você pode baixar e imprimir para dirigir um veículo.

Quanto tempo é um IDP válido?

A validade de um IDP pode afetar o custo do aplicativo. A validade mais limitada, se você receber a sua da International Drivers Association, é de um ano. Existem pacotes de dois e três anos também. Lembre-se de que, ao usar o PDI, sua carteira de habilitação regular também deve ser legítima por pelo menos um ano. O PDI é inútil se sua licença habitual tiver um período de legitimidade inferior a um ano.

Para uma curta excursão em Djibouti, um PDI de um ano é suficiente, especialmente se você não vai viajar para outro país nos próximos três anos. Se você deseja viajar para o exterior duas vezes por ano durante os três anos seguintes, um PDI de três anos é o melhor pacote para adquirir. Um PDI com validade mais longa é algo que você deve considerar se for ficar em um país por um tempo para dirigir enquanto obtém a carteira de motorista local do país.

Um PDI substitui sua carteira de motorista nativa?

O PDI tem validade e, se você decidir ficar no país permanentemente, deverá solicitar sua carteira de habilitação. Suponha que você esteja dirigindo em cidades de Djibouti, o IDP é um documento que permitirá que os fiscais de trânsito avaliem sua competência para dirigir. Também é uma licença conveniente se você decidir dirigir nas distâncias distantes de Djibouti, como ir para países vizinhos que têm postos de controle de fronteira. O IDP é um documento que você pode mostrar a eles.

Quando você recebe seu IDP da International Drivers 'Association, atualmente tem permissão para viajar para 200 outras nações em um veículo além de Djibouti. O IDP traduz sua licença local em 12 idiomas. Portanto, quando você está dirigindo em Djibouti e o inglês não é o idioma das autoridades locais, o IDP funciona essencialmente traduzindo tudo o que está escrito em sua licença padrão.

O que eu faço se perder meu PDI?

Se você perder seu PDI em um país estrangeiro, deverá conseguir uma nova licença para ainda poder dirigir. Felizmente, podemos fornecer uma solução rapidamente, alterando rapidamente o seu IDP perdido. Envio do novo IDP para sua localização exata. Basta fornecer seu endereço exato e sua nova licença será entregue em sua casa.

Alugando um carro no Djibouti

Muitos viajantes estão procurando maneiras de aproveitar suas férias em um país estrangeiro. Dirigir seu próprio carro pode ser um fator que contribui para uma viagem emocionante e mais administrável. Isso não apenas tornará sua excursão mais emocionante; também lhe dará mais tempo para desfrutar das muitas atrações do país. Alugar um carro pode ser uma maneira econômica e descomplicada de fazer isso. Leia abaixo alguns dos detalhes importantes que você deve lembrar ao alugar um carro em Djibouti.

Locadoras de veículos

O processo de aluguel de automóveis no Djibouti pode ser feito de várias maneiras. Com a comodidade de um computador doméstico, você pode alugar um carro com a ajuda de um serviço de aluguel de carros online. Outra é visitar as locadoras de veículos localizadas na área para a qual você está prestes a dirigir. Entre os dois, reservar um carro online é a escolha mais conveniente e popular para os turistas. É conveniente, fácil e não exige muito esforço no aluguel de um veículo para sua viagem.

Dentre os serviços online disponíveis na internet, a Kayak se destaca como uma das melhores provedoras de locação de veículos em nações africanas. Esta renomada locadora existe há muitos anos e é frequentemente considerada uma inovadora no mercado estrangeiro de aluguel de veículos, oferecendo aos seus clientes os preços mais baixos do mercado. Esta empresa conta com uma equipe cordial com a qual você poderá entrar em contato e esclarecer todas as suas dúvidas sobre a sua visita a esta adorável nação.

Documentos necessários

As locadoras de veículos não verificam se seus clientes possuem um PDI. No entanto, a falha em adquirir a licença representará sérios problemas se você for pego por agentes de trânsito locais sem o IDP como motorista. Assim, verificar os padrões e pré-requisitos da locadora é imprescindível antes da locação de um de seus veículos. Existem pré-requisitos explícitos de autorização de condução para o aluguel de veículos no país.

Em geral, o IDP e uma carteira de motorista normal são os documentos de viagem mais importantes para se transportar em um país estrangeiro. Da mesma forma, lembre-se de que nem todas as pessoas têm permissão para alugar veículos no Djibouti. Seus registros devem estar todos juntos e você deve ter uma idade específica, pois o país exige um limite de idade. Você será solicitado regularmente o seguinte antes de se qualificar para o aluguel de veículos:

  • Um bilhete de identidade oficial e passaporte válido
  • Pagamento de taxas de aluguel com um cartão de crédito válido
  • Carteira de motorista válida
  • Um limite mínimo de idade em que os condutores devem ter pelo menos 21 anos ou mais. Muitas agências estabelecem um limite de idade para o aluguel de carros entre 70 e 75 anos.

Tipos de veículos

Escolher o veículo certo para sua viagem fora do país pode ser uma experiência agradável ao pesquisar carros online. O tipo de veículo perfeito para sua preferência deve sempre ser seu principal ponto de consideração ao alugar um. Caso você esteja acostumado a dirigir um carro conservador, não alugue um SUV. Então, novamente, caso você esteja acostumado a dirigir um carro automático, tente ficar longe de veículos com transmissão manual.

Felizmente, diferentes tipos de carros estão disponíveis para você alugar. Você pode escolher entre várias categorias, como econômica, luxo, mini, SUV, van ou compacto. O veículo de aluguel mais popular é um sedã para viagens de uma pessoa solteira ou uma van para longas viagens com a companhia de entes queridos ou amigos. Veículos de luxo também podem ser alugados em Djibouti a um preço mais alto e mais qualificações antes do aluguel.

Requisitos de idade

Como a maioria das nações africanas, 18 anos é a idade mínima exigida para os motoristas. O mesmo não pode ser dito para os turistas, pois o país exige 21 anos de idade para dirigir para que você tenha permissão para dirigir nas estradas nacionais do Djibouti. A menor idade exigida para o aluguel de veículos em Djibouti varia de uma locadora para outra. A maioria das locadoras de veículos do país espera que você tenha pelo menos 21 anos de idade para poder alugar um de seus veículos.

Da mesma forma, a maior idade para aluguel de veículos no país muda, mas, na maioria das vezes, eles permitem uma folga de até 70 a 75 anos para alugar um veículo. Um requisito sutil de algumas de suas locadoras de veículos é que seus clientes tenham pelo menos carteira de motorista por um ano. Cobranças adicionais também estão sendo oferecidas por algumas locadoras de veículos que possuem motoristas para você alugar, caso você mesmo não seja o motorista.

Custo de aluguel de carro

Dirigir em Djibouti agora exigirá que você adquira um carro confiável e, ao mesmo tempo, acessível. Mesmo que procure um preço acessível, a experiência de condução que o automóvel lhe proporciona não deve ser comprometida. A taxa de aluguel em Djibouti é geralmente 148 USD por dia. Ao alugar um carro, procure consultar os serviços da empresa e certifique-se de que especifica as suas necessidades para que lhe ofereçam a melhor opção de acordo com a sua preferência.

Com um veículo alugado em Djibouti, você pode visitar seus locais turísticos conhecidos e desfrutar da magnificência regular e de sua base rica e memorável. Para economizar dinheiro ao fazer isso, tente reduzir suas despesas com combustível alugando um veículo que exija Euro diesel. Em contraste com o petróleo, a variante mencionada anteriormente é adequada para maior ecologia, dessa forma permitindo que você percorra distâncias significativas com menor utilização de combustível.

Apólice de seguro automóvel

Um detalhe importante a lembrar é que o seu seguro de viagem não cobre danos potenciais ao carro e roubo do veículo alugado. Portanto, é necessário um seguro abrangente para evitar esse tipo de problema. Os serviços de responsabilidade civil e seguro contra incêndio são felizmente fornecidos pela maioria das locadoras. As locadoras costumam ter seus sites instalados com uma calculadora de seguros para que seus clientes tenham uma ideia do custo do seguro.

Dispensa de danos por colisão (CDW) e proteção contra roubo são apenas algumas cláusulas adicionais que você pode incluir no seu seguro de aluguel. O pagamento desses seguros difere de uma empresa de locação para outra, mas as empresas podem fornecer orçamentos usando a calculadora de seguros do site. Desta forma, os seus clientes terão uma ideia de quanto custará o seu seguro para o veículo que irão alugar.

Foto do Lago Abbe por Eva Mtalii

Regras de trânsito em Djibouti

As leis e regulamentos de trânsito devem ser revisados por todos que planejam dirigir nas estradas de um país estrangeiro. Isso evita a imposição potencial de multas e penalidades que as autoridades locais podem aplicar aos turistas. Dedicar tempo e esforço para revisar essas leis pode, sem dúvida, ajudá-lo a obter uma direção suave e gerenciável. Este guia pode ajudá-lo a aprender algumas das regras de condução importantes que estão sendo implementadas no país de Djibouti.

Regulamentos importantes

Ao dirigir em Djibouti, um mapa não é apenas o documento importante a ser carregado durante a condução de um veículo. É de senso comum que você também deve possuir uma carteira de motorista. Para os turistas, uma licença não é suficiente para permitir que você dirija nas estradas do Djibuti. O IDP é outro documento de viagem que deve acompanhar sua carteira ao dirigir neste país. Os dois documentos são inseparáveis e a não apresentação de um deles pode gerar problemas potenciais.

Os limites de idade para dirigir é outro detalhe a levar em consideração ao dirigir no Djibouti. O país é muito particular quanto à idade de seus motoristas. É necessário um limite de idade de 18 anos para os motoristas locais. No caso do turista, a idade de dirigir de 21 anos está implantada no país. Beber também é outra atividade extremamente desencorajada ao dirigir. Respeitar todas essas regras de condução é crucial se você quiser evitar problemas com as autoridades locais.

Dirigir bêbado

Djibouti impõe regulamentos de direção muito rígidos quando se trata de bebida. O país permite apenas 0,08% de nível de álcool por litro no aparelho circulatório de um motorista. Este padrão se aplica se você estiver dirigindo sozinho. Se você estiver dirigindo com um acompanhante, seu sistema deve estar livre de álcool. Se você for pego indo além dos níveis sanguíneos mencionados acima, será chamado pelas autoridades locais, e elas aplicarão as punições de acordo.

As punições no país de Djibouti podem ser severas se você for pego com alto nível de álcool no sangue. O mesmo pode ser dito se por acaso você se envolver em um acidente com álcool ainda presente em seu corpo. Penas e acusações são apenas algumas das severas sanções que a nação pode infligir a você quando pego dirigindo embriagado.

Antes de dirigir

Antes de começar a dirigir em Djibouti com seu mapa da área, você deve tentar demonstrar os melhores padrões de direção que são aceitáveis no país. O que é permitido e não permitido difere de nação para nação, e é essencial entender o que você pode e não pode fazer antes de entrar no assento do motorista. É necessário conhecer os princípios orientadores do país para garantir uma direção segura no Djibouti.

Sinais de curva em uma interseção

Diminuir a velocidade ou parar também é uma cortesia comum em cruzamentos e rotatórias, especialmente quando um veículo já está entrando ou está à sua frente. A prioridade é sempre dada ao carro que chega primeiro. No caso de chegar ao cruzamento ou rotunda ao mesmo tempo, dá prioridade ao veículo que se encontra do lado direito. Se você estiver em um cruzamento de quatro vias, o direito de passagem é conferido ao veículo à esquerda.

Estacionamento

Ao chegar ao seu destino, deixe o veículo apenas nos pontos permitidos do território. Estacione o carro em áreas iluminadas se a área estiver escura. Esteja ciente das taxas de estacionamento do país, para que você não fique chocado com possíveis despesas. Lembre-se sempre de trancar as entradas de seu veículo e nunca deixar seus bens dentro do veículo.

Certifique-se de que você e seu veículo estão em boas condições antes de dirigir

Como um motorista atento, você deve estar alerta e não ser afetado por bebidas alcoólicas antes de dirigir. Indivíduos com problemas de visão não podem dirigir, exceto se tiverem o equipamento adequado, por exemplo, óculos graduados, para ajudá-los enquanto dirigem. Certifique-se continuamente de que seu veículo está em condições aceitáveis verificando a bateria, os freios, os pneus e o motor. Além disso, tenha um volume de gás adequado para todo o passeio.

Normas Gerais de Condução

Ao dirigir, tenha cuidado e leve em consideração a rua e as placas de trânsito em Djibouti. Fuja de tudo o que possa desviar seu foco, por exemplo, sons do seu celular. Sob essa luz, não leia mensagens ou receba chamadas enquanto dirige um veículo. Se isso for inevitável, deixe o veículo em uma vaga de estacionamento permitida antes de verificar o telefone.

Além disso, lembre-se de colocar seu cinto de segurança e seguir o limite de velocidade aplicado na rua. Ao dirigir em Djibouti, ter o código postal da área que você vai visitar pode ajudá-lo a navegar facilmente na área.

Limites de velocidade

Os limites de velocidade no país que você vai visitar são detalhes importantes que você deve levar em consideração ao dirigir. Djibuti segue uma unidade de velocidade de quilômetros por hora, e é de extrema importância não ir além dos limites de velocidade excessivos. Os limites de velocidade mudam em vários territórios do Djibouti. Um limite de velocidade de 50 km / h é evidente em vilas e cidades, 30 km / h em áreas densamente povoadas; e uma restrição de 80 km / h em áreas rurais.

Permanecer abaixo dos limites de velocidade acima mencionados não só evitará que você tenha problemas, mas também o ajudará a ficar alerta e ciente do que está acontecendo ao seu redor enquanto dirige. Esta é uma maneira ideal de evitar potenciais acidentes rodoviários, especialmente ao dirigir em territórios densamente povoados onde as ruas geralmente são mais estreitas. Além disso, uma velocidade mais lenta é uma boa maneira de apreciar a paisagem que você visitará enquanto dirige.

Leis do cinto de segurança

Antes de começar a dirigir no Djibouti saindo do aeroporto, sua segurança é, antes de mais nada, a parte mais importante de sua viagem. Como medida de segurança, o uso do cinto de segurança é obrigatório no país. Se uma doença o impede de usar o cinto de segurança, você deve obter um atestado médico de um médico. Além do cinto de segurança, um triângulo de advertência, um estojo de assistência médica e um extintor de incêndio são materiais necessários para manter no carro para garantir uma direção segura.

Regras mais rígidas estão sendo implementadas no caso de uma criança como passageira em seu veículo. Uma criança com menos de 1,35 metros ou de 3 a 11 anos deve usar a restrição apropriada para garantir sua segurança. Além disso, crianças com menos de 13 anos estão restritas a posições no banco do passageiro da frente. Além disso, uma criança com um ano ou menos de idade e peso igual ou inferior a 9 kg deve ser posicionada em uma cadeira de segurança adequada.

Instruções de direção

Ao dirigir em Djibouti, o código postal da área que você deseja visitar pode ajudá-lo a navegar facilmente pelo local. Além disso, você deve saber como entrar nas melhores estradas enquanto dirige para localizar facilmente o seu destino. Os residentes locais do país são os melhores para pedir essas informações. Os motoristas de transporte também são pessoas ideais para pedir, pois são as pessoas mais competentes para solicitar esses dados.

Sinais de trânsito

Como a maioria das nações, os sinais de trânsito regulares geralmente estão presentes nas estradas do Djibuti para manter os motoristas seguros. Durante a viagem, é mais provável que você encontre esses sinais e notará que alguns deles são exclusivos das estradas do país. Para evitar problemas e ficar chocado com o que significam enquanto dirige, você deve se esforçar para aprender sobre eles com antecedência, lendo sobre eles online, para garantir uma direção tranquila e segura.

A lista abaixo são as categorias gerais de sinais de trânsito que você deve saber antes de dirigir em Djibouti:

  • Sinais de trânsito obrigatórios - não são sugestões, mas são usados principalmente quando necessários para realizar uma tarefa específica. Às vezes são chamados de sinais informativos ou de aviso e devem ser rigorosamente seguidos e, como tal, são possivelmente os sinais de trânsito mais importantes que você deve saber no Djibouti.
  • Sinais de trânsito proibidos - geralmente são usados em todos os tipos de estradas do país. Eles são projetados para restringir certos tipos de veículos e certas manobras, como definir limites de velocidade ou proibir inversões de marcha
  • Os sinais de aviso são frequentemente vermelhos ou amarelos para avisar os condutores de possíveis perigos. Eles são projetados principalmente para alertar os motoristas de perigos potenciais à frente
  • Sinais de informação - são os sinais de trânsito usados com mais frequência em Djibouti e geralmente fornecem informações gerais sobre a estrada em que um viajante está dirigindo
  • Sinais de trânsito prioritários - são projetados para esclarecer quem tem prioridade na estrada ou entroncamento à frente

Direito de passagem

Muitos países africanos seguem as mesmas diretrizes de tráfego dos países da UE. No caso de Djibouti, como muitos países europeus, os motoristas do Djibouti seguem o trânsito pela direita. Não é apenas o veículo que deve praticar isso, mas também os civis e outras formas de veículo. No momento em que os indivíduos estão cruzando um transeunte, a prioridade está com eles. Nunca insista em reivindicar o direito de passagem sempre que abordar pedestres.

A idade legal para dirigir no Djibouti é 18 anos. No entanto, as locadoras exigem que seus clientes tenham pelo menos 21 anos para emprestar seus veículos. Além de uma exigência de idade mais elevada, muitos fornecedores de aluguel também gostariam de verificar se o cliente está de posse da carteira de motorista há pelo menos um ano. Além disso, uma exigência de idade ainda maior é imposta por essas organizações, caso você queira alugar um carro de luxo.

Para atender a todos os requisitos para uma licença de motorista, os residentes do país têm que passar no teste de direção teórico e prático do país. Inscrever-se em uma escola de direção no país pode ajudá-lo a passar no exame, mas vídeos de direção em Djibouti já estão disponíveis se você quiser aprender mais sobre como dirigir no país. Se você é um turista que deseja ficar ou solicitar residência, a atividade de dirigir só é permitida depois de passar nos exames teórico e prático de direção.

Leis sobre ultrapassagem

Além das leis de trânsito mencionadas recentemente em Djibouti, as ultrapassagens nas estradas nacionais têm regras a serem seguidas por motoristas estrangeiros e nativos. Para explorar mais sobre eles, leia as informações sobre ultrapassagens no país:

  • Não é permitida a ultrapassagem em lombadas, curvas, gargalos, cruzamentos e cruzamentos de transeuntes
  • Ao dirigir em Djibouti, verifique as faixas esquerda e direita da estrada antes de ultrapassar
  • Ultrapassar em zonas sombrias onde há visibilidade deficiente na estrada é altamente desencorajado
  • Mudar para outra faixa e ultrapassar em um ponto de ônibus também é restrito no país
  • É fundamental estar alerta nas ultrapassagens em territórios interurbanos e metropolitanos. Se possível, faça-o quando houver pedágios disponíveis

Lado de Condução

Como a maioria das nações ao redor do globo, Djibouti segue uma regra de trânsito que prioriza o lado direito da estrada. Em relação a isso, você deve esperar que o assento do motorista esteja posicionado no lado esquerdo do veículo. Você sem dúvida terá dificuldades se vier de um país que segue o trânsito pela esquerda, como a Austrália, e planeja utilizar um veículo do Djibuti.

Para evitar problemas caso decida dirigir neste país, você pode praticar um dos carros primeiro e ajustar-se ao tráfego.

Etiqueta ao dirigir em Djibouti

Se viaja com frequência e decide conduzir nas estradas do país que vai visitar, é costume seguir todas as suas regras de trânsito e mostrar sempre a sua melhor atitude ao conduzir. Com a atitude correta de direção em uma estrada estrangeira, haverá menos possibilidade de ser denunciado pelos fiscais de tráfego.

Procure sempre cumprir os padrões de direção do país e esteja atento às regras de trânsito para garantir sua segurança. Se tiver tempo, tente assistir a vídeos sobre como dirigir no Djibouti para saber mais sobre as atividades relacionadas ao trânsito no país.

Avaria no carro

Condições extremas durante acidentes relacionados ao carro podem ser evitadas, mas às vezes são inevitáveis devido a certas circunstâncias. Quando for apresentado a esse tipo de situação, sempre lembre-se de não entrar em pânico, pois os responsáveis pelo trânsito virão em sua direção. Os incidentes relacionados com o tráfego, se não forem tratados de forma adequada, podem arruinar a sua excursão. Portanto, para evitar ser apresentado neste tipo de situação desagradável, abaixo está uma lista informativa das coisas que você deve fazer quando seu carro quebra nas estradas do Djibuti:

  1. Torne o seu veículo o mais visível possível. Para fazer isso, você pode ligar as luzes de emergência para informar às pessoas que está enfrentando um problema de direção. Quando deixado em um local protegido e adequado, use sinais de advertência óbvios, como luzes de aviso, sinalizadores ou um triângulo de advertência para alertar qualquer pessoa da presença de seu veículo. É mais comum posicionar seu dispositivo de notificação a uma longa distância atrás de seu carro para obter a consideração dos motoristas ou encarregados do trânsito nas proximidades.
  2. Saia da rua. Tente afastar o veículo da estrada com um alerta. Se você estiver preso em um congestionamento na hora do rush, escape do veículo e caminhe com cautela para outra área. Se você estiver dirigindo em uma estrada movimentada ou se seu carro for deixado no acostamento, saia pelo lado do viajante. Se você for o proprietário do carro, tranque-o e deixe um recado contendo seu número de telefone no para-brisa, caso os policiais de trânsito parem perto de seu carro. Caso contrário, se estiver alugando, tente entrar em contato com a locadora antes de sair e descansar em um local protegido.
  3. Mantenha as entradas fechadas. Se você estiver em uma área protegida onde as pessoas possam vê-lo, tente ficar parado dentro do veículo. Nunca abra as portas e mantenha o cinto de segurança preso e tente entrar em contato com alguém que você conhece ou com o seu fornecedor de aluguel de veículos.
  4. Vigilância do exercício. É necessário ser cauteloso e exercer a habilidade de tomar decisões antes de pedir ajuda a estranhos. Se você tiver dúvidas sobre os moradores próximos que estão tentando ajudar, permaneça dentro do veículo e abaixe o vidro o suficiente para que eles possam ouvir sua voz. Se a ajuda estiver a caminho, você pode recusar educadamente a ajuda de outras pessoas e agradecê-las.

Polícia pára

Quando você estiver fazendo uma viagem ao exterior e tiver um plano para dirigir nas estradas, prepare-se para a possibilidade de ser parado pelos fiscais locais de trânsito ou pela polícia. Lembre-se sempre de manter a calma e não se sentir intimidado pela presença deles para evitar problemas. Tente exercer os seus direitos como condutor, especialmente se estiver ciente de que não cometeu nenhuma infração de trânsito. No entanto, a cautela no exercício desses direitos ainda é muito importante.

Ligue imediatamente as luzes de emergência quando for parado pelos policiais da nação. As autoridades de trânsito verificarão certamente os seus documentos de viagem e informarão imediatamente se você cometeu qualquer tipo de infração ao trânsito. Nessa situação, seja educado o suficiente para cumprimentá-los e mostrar imediatamente seus registros, como carteira, passaporte e PDI. Por fim, obedeça todas as instruções que serão fornecidas a você.

Pedindo direções

Sendo um viajante que está tentando dar uma olhada na excelência de Djibouti, você tem que perceber que explorar um país estrangeiro pode ser um desafio. Felizmente para você, os residentes do país são conhecidos por serem excepcionalmente bondosos e convidativos para os turistas. Para os falantes de inglês, explorar Djibouti pode ser desafiador, pois a maioria da população do país não consegue se comunicar em inglês em um nível de conversação.

Pontos de verificação

Ao operar um carro em um país estrangeiro, às vezes é inevitável passar por pontos de controle, especialmente ao passar pelas fronteiras. Isso é particularmente evidente em um país sem litoral como o Djibouti, onde é cercado por outras nações protegidas por fronteiras terrestres. As autoridades locais normalmente ficam estacionadas nesses pontos de controle de fronteira e é normal que verifiquem seus documentos de viagem ou perguntem qual é o seu propósito de entrar na fronteira.

Você precisa ser educado com eles e mostrar rapidamente os documentos de viagem pertinentes, como sua carteira de motorista, passaporte e IDP. Quando eles fazem perguntas, você deve respondê-las honestamente. Se eles não falam o seu idioma, tente se comunicar com eles em inglês ou instale um aplicativo de tradução em seu telefone. Além disso, quando eles pedirem permissão para inspecionar seu veículo, seja amável o suficiente para deixá-los fazê-lo.

Outras dicas

Explorar uma nação em um carro é conhecido por ser mais confortável do que utilizar veículos de transporte. No entanto, se você for o único motorista, haverá uma tendência para se perder enquanto dirige. Como tal, tentar pedir direções é uma ótima maneira de evitar essa possibilidade. A Internet também pode ser uma boa ferramenta para você encontrar instruções de direção e localizar as melhores estradas. Isso irá garantir uma viagem viável e emocionante.

Condições de direção em Djibouti

“É seguro dirigir em Djibouti” é uma questão importante a se considerar como um viajante. Muitos viajantes dizem que dirigir neste país é perigoso. Os acostamentos das estradas e os pedestres geralmente estão ausentes em Djibouti. Muitos animais também estão presentes em suas estradas, e eles podem ser um motivo para você se envolver em um acidente. Os motoristas de táxi são imprudentes e sempre devem ser evitados quando encontrados. Dirigir à noite também é extremamente perigoso, pois as estradas costumam ser mal iluminadas na maioria de suas regiões.

Embora uma boa estrada asfaltada seja um dado adquirido em Djibouti, é óbvio que você deve ter cuidado ao dirigir no Djibouti. Os motoristas locais geralmente ignoram os sinais de trânsito e sempre vão além dos limites de velocidade definidos em suas estradas. Desnecessário dizer que é imperativo demonstrar estratégias de direção protetoras na chance de você decidir dirigir em Djibouti.

Estatísticas de acidentes

Segundo dados publicados pela Organização Mundial da Saúde, as mortes por acidentes de trânsito em Djibouti chegaram a 245 em 2018, o que representa 3,74% dos acidentes de trânsito registrados no país. Djibouti ocupa o 38º lugar no mundo, com uma taxa de mortalidade de 30,19 por 100.000 habitantes.

Veículos Comuns

Veículos particulares na forma de sedans, vans e motocicletas são os meios de transporte mais comuns no país de Djibouti. No entanto, nem todo mundo pode se dar ao luxo de comprar seu próprio carro. Como tal, as pessoas optam por outros meios de transporte para circular. Alguns dos veículos de transporte público comuns no país são táxis e ônibus.

Situação da estrada

As condições das estradas no país de Djibouti são relatadas como sempre boas, visto que são freqüentemente mantidas pelo Governo Nacional. No entanto, o país tem má reputação para seus motoristas, que muitas vezes ignoram as regras de trânsito e muitas vezes ultrapassam os limites de velocidade das estradas. O país também é frequentemente alertado pela falta de sinalização e pela presença de bovinos domesticados, o que pode estar na origem de percalços no trânsito no país.

Cultura de condução

Conforme mencionado anteriormente, as estradas são bem conservadas e geralmente estão em boas condições no Djibouti. Isso, no entanto, não esconde o fato de que a maioria dos motoristas do país são imprudentes e muitas vezes deixam de lado as regras de direção. Os motoristas locais ignoram os sinais de trânsito e sempre vão além dos limites de velocidade definidos em suas estradas. Desnecessário dizer que é imperativo demonstrar estratégias de direção protetoras na chance de você decidir dirigir em Djibouti.

Outras dicas

Existem outros detalhes relacionados à direção que você deve considerar ao dirigir nas estradas de Djibouti. A unidade de velocidade dos veículos do Djibuti é aquela que você pode querer saber antes de começar a dirigir. Leia mais sobre eles com as informações escritas abaixo.

Kph para exibir os limites de velocidade

Quilômetros por hora é a unidade de velocidade padrão usada no país de Djibouti. É de extrema importância não ir além dos limites de velocidade. Os limites de velocidade mudam em vários territórios do Djibouti. Um limite de velocidade de 50 km / h é evidente em vilas e cidades, 30 km / h em áreas densamente povoadas; e uma restrição de 80 km / h em áreas rurais. Multas serão aplicadas se você quebrar os limites de velocidade das estradas do Djibouti.

Coisas para fazer em Djibouti

Djibouti é freqüentemente reconhecido como um dos países mais seguros da África. As taxas de criminalidade neste país são muito baixas e as pessoas são muito receptivas aos turistas. O país também possui uma indústria de viagens bem estabelecida, razão pela qual o país é frequentemente visitado por estrangeiros de todo o mundo. Djibouti oferece uma variedade incrível de atrações, e a rica cultura do país é algo pelo qual você deve esperar ao visitar o país.

Com as oportunidades mencionadas pelo Djibouti, não é surpreendente que muitas pessoas queiram viver permanentemente no país. Este guia fornecerá detalhes sobre como você pode solicitar residência em Djibouti. Além disso, também fornecerá detalhes importantes sobre o que fazer caso você tenha planos de conseguir um emprego como motorista no país.

Dirija como um turista

Na verdade, todos os turistas em idade legítima para dirigir podem dirigir em Djibouti, contanto que você tenha os documentos necessários. A este respeito, existem certos requisitos que deve cumprir para poder conduzir nas estradas do Djibuti. Por um lado, você deve sempre levar sua carteira de motorista regular.

Além disso, o país exige que você carregue sua licença com o IDP se você for estrangeiro. Além disso, certifique-se de sempre levar seu passaporte, pois ele é frequentemente verificado pelas autoridades locais para evitar que você seja parado por elas.

Trabalho como motorista

A autorização de trabalho é um documento essencial de que você precisa se quiser trabalhar como motorista no Djibouti. Você também deve solicitar a carteira de motorista normal do país se quiser operar um veículo para ganhar dinheiro. Ao se inscrever para a carteira de motorista nativa, você ainda pode trabalhar carregando sempre a carteira de motorista do seu próprio país e o IDP. Os dois documentos são sempre carregados juntos para que você ainda trabalhe como motorista enquanto o seu pedido de licença estiver em andamento.

Candidatar-se a residência

Como qualquer outra nação, antes de poder viver permanentemente em Djibouti, você deve solicitar uma autorização de residência na embaixada de Djibouti no país. Em conjunto com a licença, também se espera que você possua um visto de entrada. Se você deseja trabalhar no país para sustentar seus meios, também é fundamental obter uma autorização de trabalho ou licença para exercer a profissão de sua escolha.

Os documentos necessários para uma autorização de residência no Djibouti são os seguintes:

  • Formulário de aplicação
  • Fotografias biométricas
  • Passaporte
  • Cópia autenticada de um documento de viagem, como um passaporte
  • Provas de seguro saúde

Outras coisas a fazer

Outras coisas podem ser feitas no país de Djibouti, caso você encontre a tendência de ficar mais tempo ou permanentemente no país. Por sua inegável beleza, muitos se apaixonam e se sentem atraídos para morar e trabalhar no campo.

Como converter sua licença no Djibouti?

Caso decida ficar permanentemente no Djibouti, é imprescindível adquirir a carteira de habilitação local. Para obter a carteira de motorista do Djibouti, é necessário enviar os pré-requisitos como ID, formulário de inscrição, IDP e carteira de motorista. Além disso, a aprovação nos exames de direção teóricos e práticos do país é necessária para que você seja qualificado para obter a carteira de motorista do Djibouti.

Os principais destinos no Djibouti

Devido à atmosfera segura e à indústria de viagens estabelecida em Djibouti, muitos estrangeiros são atraídos para visitar esta nação africana. Ele oferece muitas atrações e atividades que podem satisfazer o espírito aventureiro que existe dentro de você. Todos eles podem estar ao seu alcance com a ajuda de um PDI. Você pode, sem dúvida, garantir esta concessão online com a orientação da International Drivers Association.

A nação é ideal para ser explorada em um veículo, e nós escolhemos os melhores destinos de veículos que você pode escolher para tornar sua estadia nesta grande nação um encontro divertido e feliz.

Djibouti City

Uma excursão ao Djibouti não seria espetacular sem visitar a excelente capital do país. A cidade de Djibouti é um espaço para você desfrutar de atividades no sertão ou no mar. A área também é um caldeirão de diferentes culturas, o que é uma boa coisa para se fartar. Este local abriga os melhores restaurantes, hotéis e bares para você relaxar após um passeio exaustivo. Dirigir do Aeroporto de Djibouti para a cidade de Djibouti levará apenas 8 minutos.

Instruções de direção:

  1. Do Aeroporto Internacional de Djibouti, comece a dirigir para o oeste.
  2. Vire à direita e siga em frente até chegar ao seu destino.

Coisas para fazer

Se você deseja que sua estadia nesta área valha a pena, aqui está uma lista das atividades mais divertidas para fazer na cidade de Djibouti.

  1. Tour Cultural
    Como a cidade de Djibouti é um caldeirão de diferentes culturas, o lugar é um destino perfeito para aprender mais sobre as origens do país e como se tornou o que é hoje. Ele contém vários museus para aumentar seu conhecimento sobre sua rica história também.
  2. Desfrute de passeios em seus parques temáticos
    Se você visitar Djibouti com sua família, a capital é o destino para suas atividades em grupo. Os parques temáticos são comuns na região e são um lugar perfeito para experimentar diversos passeios, alimentação e outras atividades recreativas.
  3. Esportes e atividades aquáticas
    A cidade de Djibouti é também um local onde se localizam os resorts e parques aquáticos do país. Ao visitar esses lugares, você pode brincar com golfinhos, fazer mergulho, passeios de barco, mergulho e outros esportes aquáticos.

Tadjoura

Considerada uma das cidades mais antigas do país de Djibouti, a cidade abriga muitas casas caiadas de branco que são espetaculares de se ver. A cidade é uma ótima área para você passear, pois é um lugar mais silencioso que a cidade de Djibouti. É o lar de muitas mesquitas magníficas, que são um local perfeito para relaxar e tirar suas fotos. A cidade também oferece uma bela vista da orla, onde é possível fazer passeios de barco para conhecer a cidade.

Instruções de direção:

  1. Da cidade de Djibouti, vire à esquerda na primeira rua transversal.
  2. Pegue a RN3 até a RN1 em Balbala e pegue a 2ª saída na rotatória.
  3. Siga para a RN9 na Région de Tadjourah.

Coisas para fazer

Apaixone-se por este incrível ponto turístico realizando as atividades recomendadas abaixo.

  1. Visite o Day Forest National Park
    Situado em Tadjoura, encontra-se o Day Forest National Park, um local perfeito para os amantes da natureza relaxarem. O parque está rodeado por bosques e jardins onde pode caminhar para esquecer o stress do trabalho e refrescar o corpo e a mente.
  2. Visite o Golfo de Tadjoura
    O Golfo de Tadjoura está rodeado pelo mar e a maioria das pessoas visita este local para realizar diferentes atividades relacionadas com a água. Snorkeling, mergulho, fotografia subaquática e nadar com tubarões são apenas algumas das atividades populares obrigatórias para participar quando estiver nesta área.
  3. Caminhadas nas montanhas Green Goda
    Para quem procura realizar atividades emocionantes ao explorar um país, as Montanhas Green Goda de Tadjoura podem ser o local perfeito para você. Este é um destino para quem adora acampar, caminhar e fazer escalada.

Ali Sabieh

Os desertos que cercam a cidade de Ali Sabieh tornaram esta atração popular entre os turistas. A cidade é perfeita para realizar suas compras, pois possui uma grande quantidade de mercados, vielas estreitas e barracas de comida. Em seus desertos, você pode praticar windsurf e outras atividades esportivas de aventura. Você também pode testar sua forma física experimentando suas trilhas desafiadoras.

Instruções de direção:

  1. Siga para oeste na RN9 e vire à esquerda para permanecer na RN9.
  2. Vire à direita na RN1 e mantenha-se à esquerda na RN5.
  3. Vire à direita na rua transversal e continue dirigindo até chegar ao seu destino.

Coisas para fazer

Ali Sabieh tem muitas atividades incríveis para oferecer às pessoas que querem tornar sua experiência em Djibouti mais agradável. Leia abaixo algumas das coisas populares que você pode fazer enquanto estiver nesta atração incrível.

  1. Realizar atividades ao ar livre
    Ali Sabieh é conhecido por ser cercado por grandes e maravilhosos desertos aos quais as pessoas vão para fazer algumas atividades ao ar livre. Andar em um veículo 4x4, acampar e fazer caminhadas são apenas algumas das atividades econômicas que você pode fazer enquanto estiver nesta área.
  2. Viagem de comida
    A cidade de Ali Sabieh também é famosa pelos mercados noturnos e muitas barracas de comida localizadas na área. É um local perfeito para experimentar diferentes cozinhas do Djibuti e vivenciar a vida noturna do país.
  3. Compras com seus amigos ou família
    Além das inúmeras barracas de comida localizadas na cidade de Ali Sabieh, a área também é coberta com vários mercados de pulgas para você fazer compras. Este é o local ideal para você comprar seus souvenirs antes de sair de Djibouti e retornar ao seu país.

Planície de Goba'ad

Considerada por muitos como uma atração única no Djibouti, a Planície de Goba'ad oferece a oportunidade de fazer observação de pássaros no país. O lugar é especial, pois é um dos poucos lugares na África onde você pode observar a criação de avestruzes. Outros pássaros bonitos que você pode ver nesta área incluem os pardais da coroa, Crombec e tetrazes.

Instruções de direção:

  1. Siga para noroeste e dirija de RN1 até Djibouti City.
  2. Pegue a RN3 para a Rue de Venice.
  3. Continue avançando até chegar ao seu destino.

Coisas para fazer

  1. Caminhada natural
    A planície de Goba'ad é um local perfeito para os amantes da natureza que adoram estar rodeados por florestas exuberantes e explorar a incrível vida selvagem. Se você deseja libertar sua mente e corpo do estresse, esta área é o lugar ideal para estar.
  2. Visite e nade nas cachoeiras próximas da região
    Na planície de Goba'ad encontram-se várias cascatas tão majestosas que as pessoas não resistem a dar um mergulho nas suas águas cristalinas. A água dessas cachoeiras é tão fresca e fresca que, além de tomar banho, também é segura para beber.
  3. Observação de pássaros
    A planície de Goba'ad é mais famosa pelas aves que são encontradas na área. O local é literalmente um santuário de pássaros onde muitas pessoas o visitam não apenas para avistar as aves raras, mas também para proteger e preservar a área.

Doralé e Khor Ambado

Se as praias são a sua atração turística, os locais ideais para visitar em Djibouti são Dorale e Khor Ambado. Se você quer um mergulho perfeito, essas duas praias são perfeitas para você. Os locais também são muito procurados pelas falésias de lava negra que margeiam as praias. São locais perfeitos para a prática de esportes náuticos, e os pores-do-sol que aqui se podem admirar são considerados os melhores do país.

Instruções de direção:

  1. Siga para oeste e vire à esquerda na 1.ª perpendicular.
  2. Siga pela RN3 e, na rotatória, pegue a primeira saída para a Rue de Venice.
  3. Pegue a primeira saída para RN3 na primeira rotatória e siga em frente para chegar ao seu destino.

Coisas para fazer

Visitar Dorale e Khor Ambado oferece não apenas atividades divertidas, mas também belas atrações para ver como turista. Aqui está uma lista de coisas que você pode fazer enquanto estiver na área.

  1. Nade nas incríveis praias da região
    O lugar é mais famoso pelas praias incríveis que as pessoas vão e visitam para relaxar e descontrair. Além de dar um mergulho na água do mar, diferentes atividades relacionadas à água também podem ser feitas quando você estiver nesta área.
  2. Caminhada pelas paisagens vulcânicas da região
    Uma atividade única que você pode fazer nesses destinos é caminhar pelas belas paisagens vulcânicas de Khor Ambado. Além das caminhadas, a área também apresenta uma das melhores vistas do pôr do sol do país.
  3. Desfrute da Hospedagem nos Melhores Hotéis e Restaurantes da Região
    Como um famoso ponto turístico em Djibouti, não é surpresa que Dorale e Khor Ambado contenham os melhores hotéis e resorts do país. Este é um local perfeito para relaxar com sua família ou amigos, especialmente se você deseja apenas estar perto do mar e relaxar.

Obtenha sua Permissão Internacional para Dirigir em 2 horas

Aprovação instantânea

Válido por 1-3 anos

Transporte expresso mundial